Tag Archives: estrada

200361162-001

Nessa época do ano, muitas famílias saem de férias e aproveitam para viajar e descansar no litoral ou no interior. E aí é que vem o estresse: a longa viagem até o destino final. Para evitar confusões e acidentes nas pistas, preparamos algumas dicas antes de cair na estrada.

É essencial estar descansado antes da viagem. Para isso, planeje tudo com antecedência para evitar contratempos. Levar seu veículo para revisão garante a segurança e tranquilidade para não ser surpreendido com problemas mecânicos no meio do caminho. Tanto na ida quanto na volta, escolha dias e horários de menor movimento, pois com as pistas paradas, as pessoas tendem a perder a paciência com mais frequência.

Para garantir o bem-estar mental e físico, tenha uma boa noite de sono. Evite pensar em despesas, brigas familiares e não dê valor a pequenos problemas que podem influenciar o seu humor. Fuja de comidas de difícil digestão e use roupas e sapatos confortáveis. A fim de uma postura confortável durante a viagem, encoste bem as costas no banco, mantenha os braços dobrados ao segurar o volante e pise nos pedais sem esforço.

Mais algumas recomendações: todos no carro, inclusive no banco de trás, devem estar com cinto de segurança. Se for de moto, ambos devem estar com capacete e trajando os equipamentos necessários. Fique atento a placas e sinalizações e em hipótese alguma dirija alcoolizado. Lembre-se que as pessoas que você ama também estão a bordo.

Seja cordial e gentil com os outros motoristas, dê passagem e não ultrapasse o limite de velocidade. Assim, a sua viagem será mais tranquila e segura, aproveitando as paisagens no caminho rumo ao destino de sua escolha. Porque além de ir, o mais importante é voltar.

Boa viagem!

A seta é um dos itens de série mais gentis do seu veículo. E vamos explicar por quê. 😉

Quando usa a seta, você avisa aos carros que estão atrás, aos pedestres que querem atravessar à sua frente e aos ciclistas e motociclistas, que seguem na sua lateral, que você deseja fazer uma conversão ou trocar de faixa.

O uso correto da seta é fundamental para que todas as outras pessoas tomem atitudes seguras nas vias, reduzindo colisões e atropelamentos, além de buzinadas e palavrões.

Dicas para aproveitar ao máximo esse equipamento tão democrático:

Para quem vai de carro: Sinalize a sua conversão ou troca de faixa usando a seta com antecedência. Ao ver outro carro dando seta, mantenha distância, pois pode ser que o motorista tenha alguma dificuldade para concluir a sua conversão.

Para quem está a pé: Prefira as faixas de pedestres com sinal para atravessar ruas e avenidas. Quando não houver, aguarde parar o fluxo de carros e observe a sinalização de seta dos que ainda estão vindo na direção em que deseja atravessar.

Para motociclistas e ciclistas: Mantenha distância dos demais veículos e fique sempre atento à lanterna de seta dos carros.

Em altas velocidades, uma falha na gentileza pode resultar em colisão. Por isso, em estradas e rodovias, é necessário o máximo de atenção e gentileza para se fazer uma viagem tranquila.

E a gentileza precisa estar sempre com o motorista. Na hora de trocar de faixas, por exemplo, você não pode se esquecer de sinalizar com a seta e respeitar a distância entre os demais carros. Os passageiros do veículo também devem ser gentis: nada de atirar lixo pela janela ou distrair o motorista.

E, para não errar na marcha, o Trânsito+gentil listou três regrinhas necessárias, mas que muitos motoristas desconhecem.

Velocidade: independente da faixa, o limite de velocidade deve ser respeitado em todas elas. Engana-se quem acredita que a faixa da esquerda é reservada para que os apressadinhos ultrapassem o limite. Ela só é reservada para quem anda perto da velocidade máxima permitida.
Diferentes pesos: algumas rodovias indicam velocidades diferentes para veículos de tamanhos diferentes, geralmente a divisão é feita entre carros e caminhos/ônibus/micro-ônibus.
Acostamento: não pode ser usado quando em movimento, é um local para estacionar (desde que sinalizando com o pisca alerta) em caso de emergência.

E você, tem alguma dica gentil? Compartilhe com a gente!

estrada

Feriado prolongado à frente e você resolve encarar uma viagem com a família ou com os amigos. Você e mais da metade da população da sua cidade. O que fazer para manter um clima agradável durante o caminho sabendo que, durante boa parte do percurso, não vai ter jeito de fugir do trânsito?

A gente preparou algumas dicas para essas situações em que não temos tantas rotas à disposição e precisamos dividir a mesma rodovia com milhares de motoristas, motociclistas e caminhoneiros para, enfim, aproveitar o feriadão!

> Verifique pneus, óleo, motor, freios e demais itens de segurança para evitar qualquer estresse para você, quem for viajar junto e demais motoristas, caso o seu carro apresente algum problema na estrada;

> Antes de viajar, não coma nada muito pesado para evitar sentir sono ao volante. Por falar em comida, que tal preparar um lanchinho para levar na viagem? Sempre prefira alimentos leves (como frutas e biscoitos). Ah, e não se esqueça de beber água, para manter-se hidratado.

> Procure viajar bem descansado(a) e em horários alternativos. Se o jeito é pegar a estrada em horário de fluxo intenso, faça um bom repertório de músicas e prepare-se mentalmente. A viagem será muito longa? Reveze a direção com alguém. E não adianta se irritar se tiver que ficar algum tempo parado no congestionamento;

> As crianças vão junto? Lembre-se de que as cadeirinhas para o transporte são obrigatórias. Que tal levar joguinhos ou, se o seu carro tiver o aparelho, um DVD para elas de distraírem? Quando o percurso é longo, os pequenos tendem a ficar mais impacientes.

> Prefere manter um ritmo mais lento? Respeite a faixa da esquerda, destinada a veículos mais rápidos, e mantenha-se numa pista do meio para a direita. Quer ir mais rápido? Utilize os faróis para pedir passagem, mas não cole na traseira do carro à sua frente para pressionar o outro motorista;

> Sempre sinalize suas ações e intenções. O trânsito parou de repente no meio da rodovia? Ligue o pisca brevemente para avisar o carro de trás para que aumente a atenção e também para que ele faça o mesmo para o automóvel seguinte.

> Redobre o seu nível de atenção e gentileza! Qualquer desordem no trânsito de uma rodovia pode causar um acidente de proporções muito maiores do que na cidade!

Rodovia também é lugar de praticar um Trânsito+gentil. Por isso, divirta-se muito, aproveite o feriado e lembre-se de levar a gentileza com você em todos os seus passeios!

Dirigir em época de fim de ano pode ser bem estressante. Geralmente há muitos carros nas ruas, tentando achar lugares para estacionar perto de shoppings e lojas ou para passar pelos lugares onde a decoração de natal é mais bonita, como por exemplo na Avenida Paulista em São Paulo.

Apesar do clima gostoso de natal, muita gente acaba se esquecendo da parte boa e se irrita por pouco, causando grande desconforto para quem está no carro ao lado, ou até mesmo no banco do passageiro. Precisamos lembrar que o natal e ano novo são épocas de reflexão, harmonia e celebração.

Festas de final de ano são um ótimo momento para deixar aflorar tudo que temos de melhor em nós. Por isso, nós do Trânsito+gentil resolvemos fazer uma lista com uma série de gentilezas bacanas que podemos adotar no trânsito para deixar nosso fim de ano mais “sussa”.

As compras de natal não devem ser feitas na pressa. Programe-se com antecedência, pense com calma no presente, pesquise preços… Isso evita boa parte do stress que passamos no final do ano.

Não brigue pelas vagas no estacionamento do shopping. Nessa época está tudo muito cheio, sinalize onde vai entrar, ceda quando for preciso. Espírito de natal e ano novo devem estar presentes o tempo todo!

Sorria para as pessoas, contagie todo mundo com um pouco de alegria. É incrível como isso pode mudar o dia de uma pessoa para melhor. Gentileza gera gentileza e sendo gentil você pode conseguir mudar a atitude dos outros também.

Invés de buzinar no trânsito a caminho da virada, deseje feliz ano novo para todos! Ligue uma música no carro, pense nas coisas boas que você quer fazer no ano que vem… Aproveite os dias que você tem uma folguinha do trabalho e não deixe sentimentos ruins tomarem conta de você! Mas para isso é preciso sair cedo de casa!

Antes de viajar não se esqueça de fazer uma revisão no carro. Isso evitará surpresas no meio da estrada.

Respeite os limites de velocidade, não ‘aposte corrida’ com algum engraçadinho que está querendo se mostrar na estrada. Preze pela sua vida e pela vida de quem está no carro com você. Nada melhor que fazer uma viagem tranquila e se divertir sem preocupações, né?O Trânsito+gentil quer ver todo mundo mais feliz, afinal, com 1 ano de campanha já conseguimos tantos resultados bons! Precisamos aumentar os impactados e fazer crescer a gentileza nas pessoas. Cole o adesivo do Trânsito+gentil em seu carro e mostre que você também faz a sua parte!

Um Trânsito + gentil começa com você! Feliz Natal e um ótimo ano novo. 🙂

Algumas pessoas acreditam que já tem experiência o bastante para enfrentar qualquer tipo de situação no volante, mas é sempre bom lembrar que existem algumas situações raras e perigosas que não esperamos e ficamos sem saber o que fazer quando elas acontecem.

Dirigir sob neblina, por exemplo, é algo que requer muita atenção do motorista. As pessoas acham que diminuir a velocidade e acender o farol alto já resolvem o problema, mas não é bem por aí.

Por isso, o Trânsito + gentil vai dar algumas dicas de como agir quando nos deparamos com aquela névoa branca nas estradas que tapa praticamente toda nossa visão tornando o trajeto bem mais perigoso.

neblina

Aqui vão:

Ligar o farol baixo. Muitos acham que a melhor alternativa é usar o farol alto mas as gotículas de água presentes na neblina acabam refletindo a luz do farol alto, fazendo com que a nossa visibilidade diminua.

Reduzir a velocidade do veículo. Na hora da neblina todo cuidado é pouco. Diminuir a velocidade em que trafegamos é importante para ganharmos tempo se precisamos frear e diminui o risco de acidentes.

Evitar freadas bruscas. Além de ser perigoso para quem vem atrás, o chão pode estar escorregadio por causa da umidade e seu carro pode rodar, causando algum acidente mais sério.

Não ligar o pisca alerta com o carro em movimento. Os outros motoristas podem achar que você está parado e tentar desviar causando acidentes.

Nunca parar na rodovia. É muito perigoso parar o carro, mesmo que seja no acostamento, enquanto estiver na estrada com neblina. A visibilidade dos outros motoristas é muito baixa, só é possível avistar o outro carro a poucos kms de distância, se o seu carro estiver parado é muito provável que não dê tempo do outro motorista frear quando te ver.

Sinalizar seus movimentos com antecedência. Fazer isso é importante em qualquer ocasião mas no caso de neblina na estrada é imprescindível para evitar pequenos e grandes acidentes.

Não ter medo de usar a buzina. Às vezes a buzina pode ser desnecessária mas em caso de neblina ela serve como alerta para pedestres e outros carros que estiverem por perto.

Manter dois segundos de distância. Mire um ponto fixo e quando o carro da frente passar por ele, conte “cinquenta e um, cinquenta e dois” e passe pelo ponto fixo. Esta distância é segura caso tenha que fazer alguma manobra.

Gostaram das dicas? Passem para frente divulgando no Twitter ou mandando para amigos que costumam dirigir bastante na estrada. Segurança é importante para todos e proteger quem a gente gosta também é sinal de gentileza no trânsito! #ficadica

Foto by Ulishna

A gente vive falando de gentileza pra lá e pra cá. Seja gentil no trânsito, dê passagem, não se irrite de bobeira, respeite as leis… Atitudes pequenas podem fazer uma grande diferença no trânsito. Ser gentil com todo mundo pode mudar a atitude de outras pessoas também, aumentando o número de gentilezas por aí.

Mas… Vamos combinar que tem gente que abusa das “não-gentilezas”, não é? E dessa forma, faz as coisas funcionarem de maneira totalmente oposta. Atitudes pequenas que as pessoas têm no trânsito acabam gerando uma grande confusão no tráfego inteiro! Dá uma raivinha… Mas, nessas horas, é bom fechar o vidro e xingar sozinho, só para descarregar.
Continue reading

Infelizmente, em muitos lugares, o Carnaval é sinônimo de acidentes nas estradas. Apesar das comemorações, muita gente acaba bebendo um pouquinho a mais ou se empolgando além da conta na pista, finalizando a festa de um jeito trágico. Pra que acabar com a alegria do carnaval dessa maneira, se podemos fazer dele uma comemoração onde só guardamos boas recordações? Tá na hora de perceber que nós mesmos podemos mudar isso.
Continue reading

WP_Query Object
(
    [query] => Array
        (
            [tag] => estrada
        )

    [query_vars] => Array
        (
            [tag] => estrada
            [error] => 
            [m] => 
            [p] => 0
            [post_parent] => 
            [subpost] => 
            [subpost_id] => 
            [attachment] => 
            [attachment_id] => 0
            [name] => 
            [static] => 
            [pagename] => 
            [page_id] => 0
            [second] => 
            [minute] => 
            [hour] => 
            [day] => 0
            [monthnum] => 0
            [year] => 0
            [w] => 0
            [category_name] => 
            [cat] => 
            [tag_id] => 162
            [author] => 
            [author_name] => 
            [feed] => 
            [tb] => 
            [paged] => 0
            [meta_key] => 
            [meta_value] => 
            [preview] => 
            [s] => 
            [sentence] => 
            [title] => 
            [fields] => 
            [menu_order] => 
            [embed] => 
            [category__in] => Array
                (
                )

            [category__not_in] => Array
                (
                )

            [category__and] => Array
                (
                )

            [post__in] => Array
                (
                )

            [post__not_in] => Array
                (
                )

            [post_name__in] => Array
                (
                )

            [tag__in] => Array
                (
                )

            [tag__not_in] => Array
                (
                )

            [tag__and] => Array
                (
                )

            [tag_slug__in] => Array
                (
                    [0] => estrada
                )

            [tag_slug__and] => Array
                (
                )

            [post_parent__in] => Array
                (
                )

            [post_parent__not_in] => Array
                (
                )

            [author__in] => Array
                (
                )

            [author__not_in] => Array
                (
                )

            [ignore_sticky_posts] => 
            [suppress_filters] => 
            [cache_results] => 1
            [update_post_term_cache] => 1
            [lazy_load_term_meta] => 1
            [update_post_meta_cache] => 1
            [post_type] => 
            [posts_per_page] => 10
            [nopaging] => 
            [comments_per_page] => 50
            [no_found_rows] => 
            [order] => DESC
        )

    [tax_query] => WP_Tax_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [taxonomy] => post_tag
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => estrada
                                )

                            [field] => slug
                            [operator] => IN
                            [include_children] => 1
                        )

                )

            [relation] => AND
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                    [0] => t_g_term_relationships
                )

            [queried_terms] => Array
                (
                    [post_tag] => Array
                        (
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => estrada
                                )

                            [field] => slug
                        )

                )

            [primary_table] => t_g_posts
            [primary_id_column] => ID
        )

    [meta_query] => WP_Meta_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                )

            [relation] => 
            [meta_table] => 
            [meta_id_column] => 
            [primary_table] => 
            [primary_id_column] => 
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                )

            [clauses:protected] => Array
                (
                )

            [has_or_relation:protected] => 
        )

    [date_query] => 
    [queried_object] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 162
            [name] => estrada
            [slug] => estrada
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 162
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 8
            [filter] => raw
        )

    [queried_object_id] => 162
    [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS  t_g_posts.ID FROM t_g_posts  LEFT JOIN t_g_term_relationships ON (t_g_posts.ID = t_g_term_relationships.object_id) WHERE 1=1  AND ( 
  t_g_term_relationships.term_taxonomy_id IN (162)
) AND t_g_posts.post_type = 'post' AND (t_g_posts.post_status = 'publish') GROUP BY t_g_posts.ID ORDER BY t_g_posts.post_date DESC LIMIT 0, 10
    [posts] => Array
        (
            [0] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3085
                    [post_author] => 2
                    [post_date] => 2013-01-14 14:57:50
                    [post_date_gmt] => 2013-01-14 16:57:50
                    [post_content] => 200361162-001

Nessa época do ano, muitas famílias saem de férias e aproveitam para viajar e descansar no litoral ou no interior. E aí é que vem o estresse: a longa viagem até o destino final. Para evitar confusões e acidentes nas pistas, preparamos algumas dicas antes de cair na estrada.

É essencial estar descansado antes da viagem. Para isso, planeje tudo com antecedência para evitar contratempos. Levar seu veículo para revisão garante a segurança e tranquilidade para não ser surpreendido com problemas mecânicos no meio do caminho. Tanto na ida quanto na volta, escolha dias e horários de menor movimento, pois com as pistas paradas, as pessoas tendem a perder a paciência com mais frequência. 

Para garantir o bem-estar mental e físico, tenha uma boa noite de sono. Evite pensar em despesas, brigas familiares e não dê valor a pequenos problemas que podem influenciar o seu humor. Fuja de comidas de difícil digestão e use roupas e sapatos confortáveis. A fim de uma postura confortável durante a viagem, encoste bem as costas no banco, mantenha os braços dobrados ao segurar o volante e pise nos pedais sem esforço.

Mais algumas recomendações: todos no carro, inclusive no banco de trás, devem estar com cinto de segurança. Se for de moto, ambos devem estar com capacete e trajando os equipamentos necessários. Fique atento a placas e sinalizações e em hipótese alguma dirija alcoolizado. Lembre-se que as pessoas que você ama também estão a bordo. 

Seja cordial e gentil com os outros motoristas, dê passagem e não ultrapasse o limite de velocidade. Assim, a sua viagem será mais tranquila e segura, aproveitando as paisagens no caminho rumo ao destino de sua escolha. Porque além de ir, o mais importante é voltar.

Boa viagem!

                    [post_title] => A gentil arte de viajar nas férias
                    [post_excerpt] => 
                    [post_status] => publish
                    [comment_status] => open
                    [ping_status] => open
                    [post_password] => 
                    [post_name] => a-gentil-arte-de-viajar-nas-ferias
                    [to_ping] => 
                    [pinged] => 
                    [post_modified] => 2013-01-14 14:57:50
                    [post_modified_gmt] => 2013-01-14 16:57:50
                    [post_content_filtered] => 
                    [post_parent] => 0
                    [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3085
                    [menu_order] => 0
                    [post_type] => post
                    [post_mime_type] => 
                    [comment_count] => 0
                    [filter] => raw
                )

            [1] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 2278
                    [post_author] => 2
                    [post_date] => 2011-08-29 14:50:44
                    [post_date_gmt] => 2011-08-29 16:50:44
                    [post_content] => A seta é um dos itens de série mais gentis do seu veículo. E vamos explicar por quê. ;)

Quando usa a seta, você avisa aos carros que estão atrás, aos pedestres que querem atravessar à sua frente e aos ciclistas e motociclistas, que seguem na sua lateral, que você deseja fazer uma conversão ou trocar de faixa.

O uso correto da seta é fundamental para que todas as outras pessoas tomem atitudes seguras nas vias, reduzindo colisões e atropelamentos, além de buzinadas e palavrões.

Dicas para aproveitar ao máximo esse equipamento tão democrático:

Para quem vai de carro: Sinalize a sua conversão ou troca de faixa usando a seta com antecedência. Ao ver outro carro dando seta, mantenha distância, pois pode ser que o motorista tenha alguma dificuldade para concluir a sua conversão.

Para quem está a pé: Prefira as faixas de pedestres com sinal para atravessar ruas e avenidas. Quando não houver, aguarde parar o fluxo de carros e observe a sinalização de seta dos que ainda estão vindo na direção em que deseja atravessar.

Para motociclistas e ciclistas: Mantenha distância dos demais veículos e fique sempre atento à lanterna de seta dos carros.
                    [post_title] => Seta, um equipamento gentil
                    [post_excerpt] => 
                    [post_status] => publish
                    [comment_status] => open
                    [ping_status] => open
                    [post_password] => 
                    [post_name] => seta-um-equipamento-gentil
                    [to_ping] => 
                    [pinged] => 
                    [post_modified] => 2011-08-29 14:50:44
                    [post_modified_gmt] => 2011-08-29 16:50:44
                    [post_content_filtered] => 
                    [post_parent] => 0
                    [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2278
                    [menu_order] => 0
                    [post_type] => post
                    [post_mime_type] => 
                    [comment_count] => 0
                    [filter] => raw
                )

            [2] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 2272
                    [post_author] => 2
                    [post_date] => 2011-08-26 12:50:25
                    [post_date_gmt] => 2011-08-26 14:50:25
                    [post_content] => Em altas velocidades, uma falha na gentileza pode resultar em colisão. Por isso, em estradas e rodovias, é necessário o máximo de atenção e gentileza para se fazer uma viagem tranquila.

E a gentileza precisa estar sempre com o motorista. Na hora de trocar de faixas, por exemplo, você não pode se esquecer de sinalizar com a seta e respeitar a distância entre os demais carros. Os passageiros do veículo também devem ser gentis: nada de atirar lixo pela janela ou distrair o motorista.

E, para não errar na marcha, o Trânsito+gentil listou três regrinhas necessárias, mas que muitos motoristas desconhecem.

Velocidade: independente da faixa, o limite de velocidade deve ser respeitado em todas elas. Engana-se quem acredita que a faixa da esquerda é reservada para que os apressadinhos ultrapassem o limite. Ela só é reservada para quem anda perto da velocidade máxima permitida.
Diferentes pesos: algumas rodovias indicam velocidades diferentes para veículos de tamanhos diferentes, geralmente a divisão é feita entre carros e caminhos/ônibus/micro-ônibus.
Acostamento: não pode ser usado quando em movimento, é um local para estacionar (desde que sinalizando com o pisca alerta) em caso de emergência.

E você, tem alguma dica gentil? Compartilhe com a gente!
                    [post_title] => Cada um na sua faixa!
                    [post_excerpt] => 
                    [post_status] => publish
                    [comment_status] => open
                    [ping_status] => open
                    [post_password] => 
                    [post_name] => cada-um-na-sua-faixa
                    [to_ping] => 
                    [pinged] => 
                    [post_modified] => 2011-08-26 12:50:25
                    [post_modified_gmt] => 2011-08-26 14:50:25
                    [post_content_filtered] => 
                    [post_parent] => 0
                    [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2272
                    [menu_order] => 0
                    [post_type] => post
                    [post_mime_type] => 
                    [comment_count] => 0
                    [filter] => raw
                )

            [3] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 1924
                    [post_author] => 2
                    [post_date] => 2011-06-22 11:44:53
                    [post_date_gmt] => 2011-06-22 13:44:53
                    [post_content] => 
estrada
Feriado prolongado à frente e você resolve encarar uma viagem com a família ou com os amigos. Você e mais da metade da população da sua cidade. O que fazer para manter um clima agradável durante o caminho sabendo que, durante boa parte do percurso, não vai ter jeito de fugir do trânsito? A gente preparou algumas dicas para essas situações em que não temos tantas rotas à disposição e precisamos dividir a mesma rodovia com milhares de motoristas, motociclistas e caminhoneiros para, enfim, aproveitar o feriadão! > Verifique pneus, óleo, motor, freios e demais itens de segurança para evitar qualquer estresse para você, quem for viajar junto e demais motoristas, caso o seu carro apresente algum problema na estrada; > Antes de viajar, não coma nada muito pesado para evitar sentir sono ao volante. Por falar em comida, que tal preparar um lanchinho para levar na viagem? Sempre prefira alimentos leves (como frutas e biscoitos). Ah, e não se esqueça de beber água, para manter-se hidratado. > Procure viajar bem descansado(a) e em horários alternativos. Se o jeito é pegar a estrada em horário de fluxo intenso, faça um bom repertório de músicas e prepare-se mentalmente. A viagem será muito longa? Reveze a direção com alguém. E não adianta se irritar se tiver que ficar algum tempo parado no congestionamento; > As crianças vão junto? Lembre-se de que as cadeirinhas para o transporte são obrigatórias. Que tal levar joguinhos ou, se o seu carro tiver o aparelho, um DVD para elas de distraírem? Quando o percurso é longo, os pequenos tendem a ficar mais impacientes. > Prefere manter um ritmo mais lento? Respeite a faixa da esquerda, destinada a veículos mais rápidos, e mantenha-se numa pista do meio para a direita. Quer ir mais rápido? Utilize os faróis para pedir passagem, mas não cole na traseira do carro à sua frente para pressionar o outro motorista; > Sempre sinalize suas ações e intenções. O trânsito parou de repente no meio da rodovia? Ligue o pisca brevemente para avisar o carro de trás para que aumente a atenção e também para que ele faça o mesmo para o automóvel seguinte. > Redobre o seu nível de atenção e gentileza! Qualquer desordem no trânsito de uma rodovia pode causar um acidente de proporções muito maiores do que na cidade! Rodovia também é lugar de praticar um Trânsito+gentil. Por isso, divirta-se muito, aproveite o feriado e lembre-se de levar a gentileza com você em todos os seus passeios! [post_title] => Dicas para não ter problemas com o trânsito no feriadão! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => dicas-para-nao-ter-problemas-com-o-transito-no-feriadao [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-06-22 11:44:53 [post_modified_gmt] => 2011-06-22 13:44:53 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1924 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 1388 [post_author] => 2 [post_date] => 2010-12-23 11:50:27 [post_date_gmt] => 2010-12-23 13:50:27 [post_content] => Dirigir em época de fim de ano pode ser bem estressante. Geralmente há muitos carros nas ruas, tentando achar lugares para estacionar perto de shoppings e lojas ou para passar pelos lugares onde a decoração de natal é mais bonita, como por exemplo na Avenida Paulista em São Paulo. Apesar do clima gostoso de natal, muita gente acaba se esquecendo da parte boa e se irrita por pouco, causando grande desconforto para quem está no carro ao lado, ou até mesmo no banco do passageiro. Precisamos lembrar que o natal e ano novo são épocas de reflexão, harmonia e celebração. Festas de final de ano são um ótimo momento para deixar aflorar tudo que temos de melhor em nós. Por isso, nós do Trânsito+gentil resolvemos fazer uma lista com uma série de gentilezas bacanas que podemos adotar no trânsito para deixar nosso fim de ano mais “sussa”. - As compras de natal não devem ser feitas na pressa. Programe-se com antecedência, pense com calma no presente, pesquise preços... Isso evita boa parte do stress que passamos no final do ano. - Não brigue pelas vagas no estacionamento do shopping. Nessa época está tudo muito cheio, sinalize onde vai entrar, ceda quando for preciso. Espírito de natal e ano novo devem estar presentes o tempo todo! - Sorria para as pessoas, contagie todo mundo com um pouco de alegria. É incrível como isso pode mudar o dia de uma pessoa para melhor. Gentileza gera gentileza e sendo gentil você pode conseguir mudar a atitude dos outros também. - Invés de buzinar no trânsito a caminho da virada, deseje feliz ano novo para todos! Ligue uma música no carro, pense nas coisas boas que você quer fazer no ano que vem... Aproveite os dias que você tem uma folguinha do trabalho e não deixe sentimentos ruins tomarem conta de você! Mas para isso é preciso sair cedo de casa! - Antes de viajar não se esqueça de fazer uma revisão no carro. Isso evitará surpresas no meio da estrada. - Respeite os limites de velocidade, não ‘aposte corrida’ com algum engraçadinho que está querendo se mostrar na estrada. Preze pela sua vida e pela vida de quem está no carro com você. Nada melhor que fazer uma viagem tranquila e se divertir sem preocupações, né?O Trânsito+gentil quer ver todo mundo mais feliz, afinal, com 1 ano de campanha já conseguimos tantos resultados bons! Precisamos aumentar os impactados e fazer crescer a gentileza nas pessoas. Cole o adesivo do Trânsito+gentil em seu carro e mostre que você também faz a sua parte! Um Trânsito + gentil começa com você! Feliz Natal e um ótimo ano novo. :) [post_title] => Fique “sussa” nesse fim de ano! [post_excerpt] => Festas de final de ano são um ótimo momento para deixar aflorar tudo que temos de melhor em nós. Por isso, nós do Trânsito+gentil resolvemos fazer uma lista com uma série de gentilezas bacanas que podemos adotar no trânsito para deixar nosso fim de ano mais “sussa”. [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => fique-sussa-nesse-fim-de-ano [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2010-12-23 11:50:27 [post_modified_gmt] => 2010-12-23 13:50:27 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1388 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 1239 [post_author] => 2 [post_date] => 2010-11-04 11:22:13 [post_date_gmt] => 2010-11-04 13:22:13 [post_content] => Algumas pessoas acreditam que já tem experiência o bastante para enfrentar qualquer tipo de situação no volante, mas é sempre bom lembrar que existem algumas situações raras e perigosas que não esperamos e ficamos sem saber o que fazer quando elas acontecem. Dirigir sob neblina, por exemplo, é algo que requer muita atenção do motorista. As pessoas acham que diminuir a velocidade e acender o farol alto já resolvem o problema, mas não é bem por aí. Por isso, o Trânsito + gentil vai dar algumas dicas de como agir quando nos deparamos com aquela névoa branca nas estradas que tapa praticamente toda nossa visão tornando o trajeto bem mais perigoso.

neblina

Aqui vão: - Ligar o farol baixo. Muitos acham que a melhor alternativa é usar o farol alto mas as gotículas de água presentes na neblina acabam refletindo a luz do farol alto, fazendo com que a nossa visibilidade diminua. - Reduzir a velocidade do veículo. Na hora da neblina todo cuidado é pouco. Diminuir a velocidade em que trafegamos é importante para ganharmos tempo se precisamos frear e diminui o risco de acidentes. - Evitar freadas bruscas. Além de ser perigoso para quem vem atrás, o chão pode estar escorregadio por causa da umidade e seu carro pode rodar, causando algum acidente mais sério. - Não ligar o pisca alerta com o carro em movimento. Os outros motoristas podem achar que você está parado e tentar desviar causando acidentes. - Nunca parar na rodovia. É muito perigoso parar o carro, mesmo que seja no acostamento, enquanto estiver na estrada com neblina. A visibilidade dos outros motoristas é muito baixa, só é possível avistar o outro carro a poucos kms de distância, se o seu carro estiver parado é muito provável que não dê tempo do outro motorista frear quando te ver. - Sinalizar seus movimentos com antecedência. Fazer isso é importante em qualquer ocasião mas no caso de neblina na estrada é imprescindível para evitar pequenos e grandes acidentes. - Não ter medo de usar a buzina. Às vezes a buzina pode ser desnecessária mas em caso de neblina ela serve como alerta para pedestres e outros carros que estiverem por perto. - Manter dois segundos de distância. Mire um ponto fixo e quando o carro da frente passar por ele, conte “cinquenta e um, cinquenta e dois” e passe pelo ponto fixo. Esta distância é segura caso tenha que fazer alguma manobra. Gostaram das dicas? Passem para frente divulgando no Twitter ou mandando para amigos que costumam dirigir bastante na estrada. Segurança é importante para todos e proteger quem a gente gosta também é sinal de gentileza no trânsito! #ficadica Foto by Ulishna [post_title] => Você sabe dirigir sob neblina? [post_excerpt] => Algumas pessoas acreditam que já tem experiência o bastante para enfrentar qualquer tipo de situação no volante, mas é sempre bom lembrar que existem algumas situações raras e perigosas que não esperamos e ficamos sem saber o que fazer quando elas acontecem. Dirigir sob neblina, por exemplo, é algo que requer muita atenção do motorista. As pessoas acham que diminuir a velocidade e acender o farol alto já resolvem o problema, mas não é bem por aí. [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => voce-sabe-dirigir-sob-neblina [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2010-11-04 11:22:13 [post_modified_gmt] => 2010-11-04 13:22:13 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1239 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) [6] => WP_Post Object ( [ID] => 836 [post_author] => 2 [post_date] => 2010-06-22 16:30:35 [post_date_gmt] => 2010-06-22 18:30:35 [post_content] => A gente vive falando de gentileza pra lá e pra cá. Seja gentil no trânsito, dê passagem, não se irrite de bobeira, respeite as leis... Atitudes pequenas podem fazer uma grande diferença no trânsito. Ser gentil com todo mundo pode mudar a atitude de outras pessoas também, aumentando o número de gentilezas por aí. Mas... Vamos combinar que tem gente que abusa das “não-gentilezas”, não é? E dessa forma, faz as coisas funcionarem de maneira totalmente oposta. Atitudes pequenas que as pessoas têm no trânsito acabam gerando uma grande confusão no tráfego inteiro! Dá uma raivinha... Mas, nessas horas, é bom fechar o vidro e xingar sozinho, só para descarregar. Listamos algumas dessas atitudes irritantes que, após uma simples conscientização, podem deixar de existir e mudar – e muito – o trânsito nas cidades. Veja abaixo alguns exemplos e, se lembrar de outros, escreva nos comentários pra gente! Abaixo de cada quadrinho, há um aviso simpático e divertido para os motoristas não gentis. Afinal, nada melhor que o bom humor para lidar com essas situações.

Situação 1

tirinha1

Situação 2

tirinha2

Situação 3

tirinha3

Situação 4

tirinha4

Situação 5

tirinha5

E aí, se identificou com alguma? Comente ;)

[post_title] => Trânsito Não Gentil :( [post_excerpt] => A gente vive falando de gentileza pra lá e pra cá. Seja gentil no trânsito, dê passagem, não se irrite de bobeira, respeite as leis... Atitudes pequenas podem fazer uma grande diferença no trânsito. Ser gentil com todo mundo pode mudar a atitude de outras pessoas também, aumentando o número de gentilezas por aí. Mas... Vamos combinar que tem gente que abusa das “não-gentilezas”, não é? E dessa forma, faz as coisas funcionarem de maneira totalmente oposta. Atitudes pequenas que as pessoas têm no trânsito acabam gerando uma grande confusão no tráfego inteiro! Dá uma raivinha... Mas, nessas horas, é bom fechar o vidro e xingar sozinho, só para descarregar. [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => transito-nao-gentil [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2010-06-22 16:30:35 [post_modified_gmt] => 2010-06-22 18:30:35 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=836 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 7 [filter] => raw ) [7] => WP_Post Object ( [ID] => 301 [post_author] => 2 [post_date] => 2010-02-09 12:09:41 [post_date_gmt] => 2010-02-09 14:09:41 [post_content] => Infelizmente, em muitos lugares, o Carnaval é sinônimo de acidentes nas estradas. Apesar das comemorações, muita gente acaba bebendo um pouquinho a mais ou se empolgando além da conta na pista, finalizando a festa de um jeito trágico. Pra que acabar com a alegria do carnaval dessa maneira, se podemos fazer dele uma comemoração onde só guardamos boas recordações? Tá na hora de perceber que nós mesmos podemos mudar isso. Como o Trânsito+Gentil pode contribuir para seu carnaval ser só alegria? Comece colocando em sua mala um dos itens mais importantes da viagem: a GENTILEZA. Lembre-se sempre de ser gentil com o outro, sem esperar nada em troca. É um trabalho de formiguinha, mas quanto mais formiguinhas trabalham, maior fica o formigueiro! Os próximos passos são básicos, vamos fazer uma check list: Revisão no carro Seu carro está “em forma”? Faróis funcionando direitinho, pneus bem calibrados, freios ok e parte elétrica impecável? É bom conferir tudo isso antes de pegar a estrada, assim você garante a tranqüilidade durante a viagem e evita paradas desnecessárias. Alguns cuidados importantes: - Use combustível de confiança e não acelere forte sem necessidade. Lembre-se também de trocar o filtro a cada 10 mil km. - Verifique o nível e troque o óleo e o filtro de acordo com a recomendação do fabricante. - Não dirija com o pé sobre o pedal da embreagem e troque de marcha suavemente. - Na hora da troca, procure pneus com a especificação indicada pelo fabricante, com menos de cinco anos de fabricação - a data é indicada também na lateral, numa seqüência de códigos após a sigla DOT. - Cheque se o carro se mantém na mesma direção, sem puxar para os lados, nas frenagens. - Leve o veículo a um especialista para checar os amortecedores a cada 30 ou 40 mil quilômetros. - Em caso de colisões, troque o cinto de segurança e os airbags. Verifique as condições do sistema retrátil e da trava, do cadarço e se o fecho trava e libera sem problemas. Ferramentas Mesmo se prevenindo com a manutenção, pode acontecer de dar alguma coisinha errada, não é? Então, que tal andar com ferramentas que podem ser úteis na hora daquele aperto? Alguns itens, inclusive, são obrigatórios, como por exemplo, o triângulo sinalizador, o extintor de incêndio e a chave de roda. Mas você também pode ter uma lanterninha, um canivete ou até mesmo um cabo de bateria para chupeta, caso tenha algum imprevisto! Uma bolsinha de primeiros socorros também pode ser muito útil. Outras dicas: - Saiba a localização e confira o estado ou a validade do triângulo, macaco e extintor. - Em caso de pneu furado, pane ou acidente, evite parar em curvas, ligue o pisca alerta, coloque o triângulo de segurança a, pelo menos, 30 metros da traseira do carro. - Quando não for possível a ventilação para desembaçar os vidros, direcione o fluxo de ar ao parabrisa e utilize o desembaçador traseiro. Uma solução caseira, para diminuir embaçamento dos vidros, é passar água misturada com um pouco de detergente ou sabonete líquido, numa mistura que não faça espuma Comes, bebes e outras distrações Se a viagem for longa, uma boa ideia é levar guloseimas, principalmente se você estiver levando crianças no carro. Se elas ficarem inquietas durante a viagem, é só distraí-las com comida. Só cuidado para não dar muito líquido, senão a próxima parada terá que ser no posto para irem ao banheiro! O importante é usar as ferramentas necessárias para distrair e cuidar bem de quem está no carro com você: - DVD/CD player - quando destinados aos ocupantes traseiros, sua instalação deve ser feita atrás do encosto de cabeça. - A melhor localização para um passageiro no banco traseiro é próximo às laterais do carro. Quer mais dicas? Clique aqui e veja um manual mais completo para sua segurança na viagem. Para finalizar, temos algumas dicas da atriz Barbara Paz para contribuir com o Trânsito+Gentil nas estradas, durante este feriado. Ela, que vive uma personagem polêmica na novela, fala aqui como profissional e cidadã . Confira: [post_title] => Lá vem o Carnaval! [post_excerpt] => Infelizmente, em muitos lugares, o Carnaval é sinônimo de acidentes nas estradas. Apesar das comemorações, muita gente acaba bebendo um pouquinho a mais ou se empolgando além da conta na pista, finalizando a festa de um jeito trágico. Pra que acabar com a alegria do carnaval dessa maneira, se podemos fazer dele uma comemoração onde só guardamos boas recordações? Tá na hora de perceber que nós mesmos podemos mudar isso. [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => la-vem-o-carnaval [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2010-02-09 12:09:41 [post_modified_gmt] => 2010-02-09 14:09:41 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=301 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) ) [post_count] => 8 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [post] => WP_Post Object ( [ID] => 3085 [post_author] => 2 [post_date] => 2013-01-14 14:57:50 [post_date_gmt] => 2013-01-14 16:57:50 [post_content] => 200361162-001 Nessa época do ano, muitas famílias saem de férias e aproveitam para viajar e descansar no litoral ou no interior. E aí é que vem o estresse: a longa viagem até o destino final. Para evitar confusões e acidentes nas pistas, preparamos algumas dicas antes de cair na estrada. É essencial estar descansado antes da viagem. Para isso, planeje tudo com antecedência para evitar contratempos. Levar seu veículo para revisão garante a segurança e tranquilidade para não ser surpreendido com problemas mecânicos no meio do caminho. Tanto na ida quanto na volta, escolha dias e horários de menor movimento, pois com as pistas paradas, as pessoas tendem a perder a paciência com mais frequência. Para garantir o bem-estar mental e físico, tenha uma boa noite de sono. Evite pensar em despesas, brigas familiares e não dê valor a pequenos problemas que podem influenciar o seu humor. Fuja de comidas de difícil digestão e use roupas e sapatos confortáveis. A fim de uma postura confortável durante a viagem, encoste bem as costas no banco, mantenha os braços dobrados ao segurar o volante e pise nos pedais sem esforço. Mais algumas recomendações: todos no carro, inclusive no banco de trás, devem estar com cinto de segurança. Se for de moto, ambos devem estar com capacete e trajando os equipamentos necessários. Fique atento a placas e sinalizações e em hipótese alguma dirija alcoolizado. Lembre-se que as pessoas que você ama também estão a bordo. Seja cordial e gentil com os outros motoristas, dê passagem e não ultrapasse o limite de velocidade. Assim, a sua viagem será mais tranquila e segura, aproveitando as paisagens no caminho rumo ao destino de sua escolha. Porque além de ir, o mais importante é voltar. Boa viagem! [post_title] => A gentil arte de viajar nas férias [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => a-gentil-arte-de-viajar-nas-ferias [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2013-01-14 14:57:50 [post_modified_gmt] => 2013-01-14 16:57:50 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3085 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 8 [max_num_pages] => 1 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_embed] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash:WP_Query:private] => 0268300977b74aefeede2f282820ce43 [query_vars_changed:WP_Query:private] => [thumbnails_cached] => [stopwords:WP_Query:private] => [compat_fields:WP_Query:private] => Array ( [0] => query_vars_hash [1] => query_vars_changed ) [compat_methods:WP_Query:private] => Array ( [0] => init_query_flags [1] => parse_tax_query ) )