Tag Archives: Gentileza

Passamos grande parte do nosso tempo no trânsito, seja dentro de um carro, ônibus, metrô, trem e até mesmo a pé ou em cima de uma bicicleta. Se pararmos para pensar um pouco, logo vemos que o trânsito é feito de pessoas, sejam motoristas, ciclistas ou pedestres. Assim, nada mais é do que o reflexo de todos nós.

De repente, aquela frase “devemos ser a mudança que queremos ver” parece fazer todo o sentido, certo? Por isso, para que o trânsito de amanhã seja melhor, precisamos ser pessoas melhores também. Quanto mais gentileza, mais tolerância, mais paciência, mais respeito, melhor.

Nunca é tarde para começar uma mudança, ainda mais quando influencia na vida de outras pessoas. Você já recebeu alguma gentileza que deixou o seu dia mais leve? Conte pra gente! É só marcar no nosso mapa da gentileza: http://gentil.vc/mapadagentileza

Faça a sua parte e ajude a construir não só um Trânsito+gentil, mas uma rotina e uma vida melhor para todos nós. =)

Rio de janeiro + gentil também tem desconto!

 

 

Vamos dar uma mãozinha para transformar as ruas do Rio de Janeiro em lugares de boa convivência entre os motoristas.

Como? Por meio da campanha Trânsito+gentil, o Porto Seguro Auto está oferecendo descontos de 5% na contratação ou renovação do seguro para motoristas que não possuam pontos na carteira de habilitação. Ou seja, para garantir o seu, você não deve ter cometido nenhuma infração de trânsito por um período de 12 meses.

O desconto já está valendo para o Estado de São Paulo e, agora, começa a valer para o Estado do Rio de Janeiro também. Saiba como funciona o desconto e fale com seu Corretor: http://gentil.vc/descontoauto

giovanna2

 

E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você.

Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão.

Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar.

Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem.

Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto

Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.

   * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto.

IMAGEM VIDEO GENTILEZA

Clique na foto para ver o vídeo de nossa ação de gentileza no trânsito =)

 

Gentileza: substantivo feminino que significa a qualidade do que é gentil, do que é amável. Gentileza é amabilidade, delicadeza sendo praticada.

Já que a gentileza tem um significado tão belo, por que não ter um dia especial para comemorá-la? Foi pensando nisso que, em 1996, alguns pequenos grupos praticantes da gentileza em seus países se reuniram, durante uma conferência em Tóquio, com o intuito de conectar e inspirar as pessoas a realizarem ações gentis pelo mundo. Quatro anos mais tarde, em 2000, a missão do movimento se concretizava e dava início a uma grande data comemorativa: o Dia Mundial da Gentileza, em 13 de novembro.

Conectado com a prática de gentilezas, o movimento Trânsito+gentil propõe uma mudança de hábito, incentivando atitudes em prol de um trânsito melhor como, por exemplo, evitar parar em fila dupla, organizar caronas e usar a bicicleta como alternativa de transporte, fazendo com que todos entendam que quando as pessoas mudam, a cidade se transforma e que isso começa dentro de cada um. De 2009 até hoje, são cinco anos levando mudanças de atitude para as ruas (veja o vídeo) e para a vida das pessoas, de forma que elas possam conviver em harmonia.

Que tal fazer parte e ajudar a transformar o seu bairro, a cidade ou até mesmo o país?

dia_mundial_gentileza

Para se inspirar, você pode acessar a editoria de Gentilezas Urbanas, no site Catraca Livre e conhecer diversas ideias de gentilezas espalhadas pelo mundo. E, para pegar um de nossos adesivos, acesse nossa página no Facebook, ou envie um e-mail para web@portoseguro.com.br.

Além disso, para comemorar o Dia Mundial da Gentileza, iremos distribuir adesivos em alguns pontos da cidade de São Paulo, das 8h às 14h, para os motoristas que passarem por esses locais. Anote os endereços:

 

  • Avenida Pedro Alvares Cabral – em frente à Assembleia Legislativa;
  • Cruzamento da Avenida Ibirapuera x Avenida Moema;
  • Praça Silvio Romero;
  • Cruzamento da Avenida Sumaré x Rua Turiassú (Barra Funda);
  • Cruzamento da Avenida Marquês de São Vicente x Viaduto Antártica;
  • Cruzamento da Avenida Braz Leme x Avenida Santos Dumont (Santana).

Temos um dia para comemorar, mas, todos os dias para praticar pequenas gentilezas na nossa rotina. Faça parte desse movimento e pratique gentilezas!

Você acorda cedo, se arruma com pressa, toma um café rápido, junta suas coisas e vai correndo para o trabalho. Essa rotina faz parte das manhãs de muita gente, principalmente das que moram em grandes cidades e, sem perceber, acabam acumulando um estresse totalmente desnecessário.

Trânsito

Trânsito

Um grande problema é quando o estresse de uma pessoa chega à outra, influenciando as pessoas ao seu redor, no trânsito. Pode reparar, basta uma buzinada para que a sinfonia das buzinas comece.

Ainda bem que o processo inverso também acontece. Se você for gentil no trânsito, é bem provável que as pessoas também sejam. Afinal, gentileza gera gentileza, já dizia o poeta.

Por isso, separamos algumas dicas para você manter a calma, ser gentil e passar essa atitude adiante:

Humildade

Saber reconhecer os seus erros com humildade e simplicidade pode evitar várias discussões.

Respeito

Aqui a dica é simples: respeite para ser respeitado!

Paciência

Ter paciência é fundamental para manter a calma, não agir por impulso ou tirar conclusões precipitadas. Pare, respire fundo e tudo vai dar certo.

Educação

Educação é fundamental, e não só no trânsito!

É muito importante que esses gestos sejam colocados em prática. Lembre-se sempre que a rua é publica e o espaço deve ser compartilhado, respeitosamente, entre todas as formas de mobilidade. Assim, o trânsito nas cidades ficará mais gentil.

A falta de gentilezas e de respeito entre os condutores dificulta a qualidade de vida nas ruas. Com mais colaboração entre os motoristas, teríamos menos situações desgastantes nas ruas. E nem é (tão) difícil. Basta uma mudança de postura e de visão em relação às pessoas que estão ao seu redor. Fica o convite: confira essa compilação de dicas gentis e reflita. 🙂

  • É muito chato quando você quer mudar de faixa e o motorista ao lado não te dá passagem, né? Não aja como ele quando outro motorista quiser trocar de pista. O que vai, volta.
  • Não, “um minutinho” não é inofensivo. Nunca pare em fila dupla ou em locais proibidos. Esse “minutinho” pode prejudicar o fluxo do trânsito e causar um baita congestionamento!
  • Sempre dê a seta de direção para o motorista de trás (ou ao lado) saber o que você vai fazer. Faça isso até mesmo quando não houver outros carros por perto, assim você adquire o hábito e também sinaliza aos pedestres e ciclistas.
  • Ao procurar vaga no estacionamento do shopping ou do supermercado, não obstrua o corredor dirigindo devagar. Se você precisar mesmo encontrar uma vaga naquele piso, pelo menos deixe o carro de trás ultrapassá-lo.
  • Se você se deparar com um carro em manobra ou saindo de uma vaga (ou garagem), espere o motorista terminar, ao invés de ir para cima dele,  impedindo-o de sair.
  • Nunca buzine sem necessidade. Isso ajuda a diminuir a poluição sonora e evita sustos desnecessários nas ruas!
  • Não parar em cima da faixa de pedestre é bom, mas melhor ainda é não acelerar quando enxergar uma pessoa atravessando a rua, mesmo que ela esteja distante da faixa.
  • Esteja sempre atento ao trânsito e dirija em velocidade compatível com o fluxo. Se estiver devagar, mantenha-se na faixa da direita. Assim, você não atrasa os carros atrás de você.
  • Jamais dirija como se estivesse competindo. Isso vale para quem praticamente encosta no carro da frente, pra quem costura entre as pistas e pra quem força a entrada em uma pista.

carro
E você, tem mais alguma dica gentil? Pode mandar, quem sabe ela não vem parar aqui?

Você sabia que em países mega populosos (como a Índia) os carros têm que dividir as ruas com ciclistas, pedestres, cachorros, cavalos e até elefantes? Pois saiba que é verdade! E isso acontece devido à falta de calçadas, guias e escassa sinalização de trânsito.

Quem acompanha os nossos canais nas redes sociais pôde assistir, há algumas semanas, este vídeo onde se pode ver claramente a situação caoticamente organizada do trânsito em um dia normal na cidade de Vadodara: http://gentil.vc/6r

Por outro lado, contrastando completamente com a situação dos países asiáticos, na Suíça, o trânsito é tão bem organizado que os condutores chegam a parar diante de faixas de pedestre vazias – tudo pelo respeito à sinalização. Enquanto isso, São Paulo tem o 6º trânsito mais desgastante do mundo (de acordo com estudos internacionais divulgados na Conferência Internacional de Trânsito da Europa), seguido de perto por Nova Déli.

Muitas vezes, uma discussão mais acalorada entre condutores termina em violência. “Em cidades grandes, muitos motoristas já saem de casa prontos para atacar ou se defender.” – trecho do livro “Por Que Dirigimos Assim?”, do jornalista americano Tom Vanderbilt.

Fiscalizações e multas, muitas vezes, não são suficientes para reeducar quem já tem os seus vícios de direção. Não há leis que ensinem às pessoas os valores da gentileza, do respeito e da cordialidade.  É com a família que aprendemos a ser educados – e nosso comportamento como motoristas reflete o que aprendemos ao longo da vida.

E você, faz a sua parte? Como repassa os valores de gentileza na vida e no trânsito para os seus filhos? Comente e compartilhe suas experiências com a gente! 😀

A irritação, segundo o dicionário, é a ação que excita os nervos, os órgãos.

Alguns estudos dizem que quem fica irritado não é você e sim seus sentidos. Os sentidos existem como veículos de captação de informações. E você está recebendo dezenas de informações de todas as partes a cada instante.

Nossos sentidos são influenciados por crenças, regras, julgamentos e interpretações, sem contar as experiênicas que vamos adquirindo durante o dia, que funcionam como uma constante reprogramação do que é certo e errado.

E isso é um mecanismo de defesa do ego, que é alterado de acordo com as circunstâncias e o ambiente em que  você está inserido. A irritação é um desconforto que altera nosso humor e nos muda até mesmo fisicamente.

Mas, precisamos admitir que alguém só consegue nos irritar se estivermos “irritáveis”. É isso mesmo: ficar irritado depende da gente e não dos outros. Por isso, vale a pena entender o que te irrita e como você reage a isso. Será que o local em que vive está te incomodando? O trânsito está pesado?

Procure ver o que causa sua irritação e coloque sua paciência em prática, procurando sempre o seu ponto de equilíbrio. Esse será um bom começo, assim as situações e a reação de outras pessoas não te tiraram do sério. Lembre-se de que a decisão de ficar irritado é sua, assim como ser gentil também é uma decisão que cada um tem que tomar.

Conte pra gente o que te tira do sério, compartilhe! Vamos dizer não à irritação.

Fonte: Instituto União | Livro: O poder da gentileza. Rosana Braga.

Você, provavelmente, viu este vídeo em algum lugar. E essa pessoa existe mesmo!

Na Semana Nacional do Trânsito e durante boa parte do mês de outubro, um agente de trânsito tomou conta das redes sociais. E não foi porque agiu de modo injusto com alguém ou porque multou muitas pessoas ao mesmo tempo, mas porque ele é um “agente gentil”.

Jobson Meirelles, da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Semtran), de Vila Velha (ES), foi homenageado por indicação dos motoristas e pedestres, pelo trabalho realizado no município, com uma placa de honra ao mérito e um vídeo que mostra seu trabalho como guarda de trânsito na Praia da Costa.

Jobson aprendeu desde cedo que “gentileza gera gentileza” e que isso também ajuda na educação, além de contrubuir para um dia melhor. Ele consegue fiscalizar e também orientar as pessoas durante seu trabalho, para que possam transitar com mais segurança entre um cruzamento e outro. E o seu trabalho não para por aí: ele também presta muita atenção com quem utiliza o transporte público, falando dos horários de chegada dos ônibus.

Este vídeo nos mostra que, cada vez mais, a gentileza está sendo praticada por aí e que as pessoas também compartilham desse sentimento nas redes sociais. O vídeo teve cerca de 4 mil exibições e muito comentários na rede.

Em nossa Fan Page (http://www.facebook.com/transitomaisgentil), o vídeo foi compartilhado 230 vezes, 500 pessoas curtiram em apenas duas horas e tivemos 76 comentários elogiando o trabalho do agente de trânsito. Aliás, a nossa rede cresce a cada dia. Já somos mais de 200 mil apoiadores em todas as redes. É ou não é muita gentileza? E você: como faz para praticar a gentileza no dia a dia? Participe conosco!

Siga-nos: Twitter: twitter.com/transitogentil

Curta no Facebook: facebook.com/transitomaisgentil

Assine nosso canal no Youtube: youtube.com/transitomaisgentil

Ser gentil não muda a quantidade de carros nas ruas, mas muda muito a qualidade do trânsito. Usar do estresse e da irritabilidade só piora os momentos que passamos em um congestionamento.  É questão de educação.

Porém, acima de gentileza, não podemos nos esquecer das questões que a lei julga como certas ou erradas. Não seria necessária a lei para o uso da cadeirinha, se os próprios pais se preocupassem mais em proteger os seus filhos no trânsito. Assim como também não haveria multa para pedestres que atravessam fora da faixa, se eles se preocupassem mais em proteger a própria vida.

Outro exemplo é dirigir sob o efeito do álcool e colocar a vida de outras pessoas em risco: uma falta de gentileza e humanidade mais do que desnecessária. E foi pensando nesse grupo de motoristas que o governo holandês criou uma trava anti-álcool. Como funciona? As pessoas flagradas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas serão obrigadas a instalar um dispositivo no painel do carro que impede que ele seja acionado antes de verificar a sobriedade do motorista, uma espécie de bafômetro.

O que você acha desta ideia? Deveria ser item de série? Tira o direito do motorista de utilizar o seu próprio carro? Dê a sua opinião. =D

Referência: http://gentil.vc/4t

WP_Query Object
(
    [query] => Array
        (
            [tag] => gentileza
        )

    [query_vars] => Array
        (
            [tag] => gentileza
            [error] => 
            [m] => 
            [p] => 0
            [post_parent] => 
            [subpost] => 
            [subpost_id] => 
            [attachment] => 
            [attachment_id] => 0
            [name] => 
            [static] => 
            [pagename] => 
            [page_id] => 0
            [second] => 
            [minute] => 
            [hour] => 
            [day] => 0
            [monthnum] => 0
            [year] => 0
            [w] => 0
            [category_name] => 
            [cat] => 
            [tag_id] => 6
            [author] => 
            [author_name] => 
            [feed] => 
            [tb] => 
            [paged] => 0
            [meta_key] => 
            [meta_value] => 
            [preview] => 
            [s] => 
            [sentence] => 
            [title] => 
            [fields] => 
            [menu_order] => 
            [embed] => 
            [category__in] => Array
                (
                )

            [category__not_in] => Array
                (
                )

            [category__and] => Array
                (
                )

            [post__in] => Array
                (
                )

            [post__not_in] => Array
                (
                )

            [post_name__in] => Array
                (
                )

            [tag__in] => Array
                (
                )

            [tag__not_in] => Array
                (
                )

            [tag__and] => Array
                (
                )

            [tag_slug__in] => Array
                (
                    [0] => gentileza
                )

            [tag_slug__and] => Array
                (
                )

            [post_parent__in] => Array
                (
                )

            [post_parent__not_in] => Array
                (
                )

            [author__in] => Array
                (
                )

            [author__not_in] => Array
                (
                )

            [ignore_sticky_posts] => 
            [suppress_filters] => 
            [cache_results] => 1
            [update_post_term_cache] => 1
            [lazy_load_term_meta] => 1
            [update_post_meta_cache] => 1
            [post_type] => 
            [posts_per_page] => 10
            [nopaging] => 
            [comments_per_page] => 50
            [no_found_rows] => 
            [order] => DESC
        )

    [tax_query] => WP_Tax_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [taxonomy] => post_tag
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => gentileza
                                )

                            [field] => slug
                            [operator] => IN
                            [include_children] => 1
                        )

                )

            [relation] => AND
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                    [0] => t_g_term_relationships
                )

            [queried_terms] => Array
                (
                    [post_tag] => Array
                        (
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => gentileza
                                )

                            [field] => slug
                        )

                )

            [primary_table] => t_g_posts
            [primary_id_column] => ID
        )

    [meta_query] => WP_Meta_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                )

            [relation] => 
            [meta_table] => 
            [meta_id_column] => 
            [primary_table] => 
            [primary_id_column] => 
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                )

            [clauses:protected] => Array
                (
                )

            [has_or_relation:protected] => 
        )

    [date_query] => 
    [queried_object] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6
            [name] => Gentileza
            [slug] => gentileza
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 94
            [filter] => raw
        )

    [queried_object_id] => 6
    [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS  t_g_posts.ID FROM t_g_posts  LEFT JOIN t_g_term_relationships ON (t_g_posts.ID = t_g_term_relationships.object_id) WHERE 1=1  AND ( 
  t_g_term_relationships.term_taxonomy_id IN (6)
) AND t_g_posts.post_type = 'post' AND (t_g_posts.post_status = 'publish') GROUP BY t_g_posts.ID ORDER BY t_g_posts.post_date DESC LIMIT 0, 10
    [posts] => Array
        (
            [0] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3715
                    [post_author] => 1
                    [post_date] => 2016-03-03 15:21:38
                    [post_date_gmt] => 2016-03-03 15:21:38
                    [post_content] => 

Passamos grande parte do nosso tempo no trânsito, seja dentro de um carro, ônibus, metrô, trem e até mesmo a pé ou em cima de uma bicicleta. Se pararmos para pensar um pouco, logo vemos que o trânsito é feito de pessoas, sejam motoristas, ciclistas ou pedestres. Assim, nada mais é do que o reflexo de todos nós.

De repente, aquela frase "devemos ser a mudança que queremos ver" parece fazer todo o sentido, certo? Por isso, para que o trânsito de amanhã seja melhor, precisamos ser pessoas melhores também. Quanto mais gentileza, mais tolerância, mais paciência, mais respeito, melhor.

Nunca é tarde para começar uma mudança, ainda mais quando influencia na vida de outras pessoas. Você já recebeu alguma gentileza que deixou o seu dia mais leve? Conte pra gente! É só marcar no nosso mapa da gentileza: http://gentil.vc/mapadagentileza

Faça a sua parte e ajude a construir não só um Trânsito+gentil, mas uma rotina e uma vida melhor para todos nós. =)

[post_title] => O trânsito é o reflexo dos motoristas [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => o-transito-e-o-reflexo-dos-motoristas [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2016-03-03 15:21:38 [post_modified_gmt] => 2016-03-03 15:21:38 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/?p=3715 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 3477 [post_author] => 3 [post_date] => 2015-04-15 15:04:34 [post_date_gmt] => 2015-04-15 18:04:34 [post_content] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto!     Vamos dar uma mãozinha para transformar as ruas do Rio de Janeiro em lugares de boa convivência entre os motoristas. Como? Por meio da campanha Trânsito+gentil, o Porto Seguro Auto está oferecendo descontos de 5% na contratação ou renovação do seguro para motoristas que não possuam pontos na carteira de habilitação. Ou seja, para garantir o seu, você não deve ter cometido nenhuma infração de trânsito por um período de 12 meses. O desconto já está valendo para o Estado de São Paulo e, agora, começa a valer para o Estado do Rio de Janeiro também. Saiba como funciona o desconto e fale com seu Corretor: http://gentil.vc/descontoauto [post_title] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => rio-de-janeiro-gentil-tambem-tem-desconto [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-15 15:04:34 [post_modified_gmt] => 2015-04-15 18:04:34 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3477 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 3338 [post_author] => 4 [post_date] => 2014-12-01 08:00:11 [post_date_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content] =>

giovanna2

  E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você. Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão. Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar. Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem. Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.    * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto. [post_title] => Zero ponto = 5% de desconto [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => zero-ponto-5-de-desconto-2 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-12-01 08:00:11 [post_modified_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3338 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 13 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 3313 [post_author] => 4 [post_date] => 2014-11-13 07:20:07 [post_date_gmt] => 2014-11-13 07:20:07 [post_content] => [caption id="attachment_3320" align="aligncenter" width="471"]IMAGEM VIDEO GENTILEZA Clique na foto para ver o vídeo de nossa ação de gentileza no trânsito =)[/caption]  

Gentileza: substantivo feminino que significa a qualidade do que é gentil, do que é amável. Gentileza é amabilidade, delicadeza sendo praticada.

Já que a gentileza tem um significado tão belo, por que não ter um dia especial para comemorá-la? Foi pensando nisso que, em 1996, alguns pequenos grupos praticantes da gentileza em seus países se reuniram, durante uma conferência em Tóquio, com o intuito de conectar e inspirar as pessoas a realizarem ações gentis pelo mundo. Quatro anos mais tarde, em 2000, a missão do movimento se concretizava e dava início a uma grande data comemorativa: o Dia Mundial da Gentileza, em 13 de novembro.

Conectado com a prática de gentilezas, o movimento Trânsito+gentil propõe uma mudança de hábito, incentivando atitudes em prol de um trânsito melhor como, por exemplo, evitar parar em fila dupla, organizar caronas e usar a bicicleta como alternativa de transporte, fazendo com que todos entendam que quando as pessoas mudam, a cidade se transforma e que isso começa dentro de cada um. De 2009 até hoje, são cinco anos levando mudanças de atitude para as ruas (veja o vídeo) e para a vida das pessoas, de forma que elas possam conviver em harmonia.

Que tal fazer parte e ajudar a transformar o seu bairro, a cidade ou até mesmo o país?

dia_mundial_gentileza

Para se inspirar, você pode acessar a editoria de Gentilezas Urbanas, no site Catraca Livre e conhecer diversas ideias de gentilezas espalhadas pelo mundo. E, para pegar um de nossos adesivos, acesse nossa página no Facebook, ou envie um e-mail para web@portoseguro.com.br.

Além disso, para comemorar o Dia Mundial da Gentileza, iremos distribuir adesivos em alguns pontos da cidade de São Paulo, das 8h às 14h, para os motoristas que passarem por esses locais. Anote os endereços:

 
  • Avenida Pedro Alvares Cabral - em frente à Assembleia Legislativa;
  • Cruzamento da Avenida Ibirapuera x Avenida Moema;
  • Praça Silvio Romero;
  • Cruzamento da Avenida Sumaré x Rua Turiassú (Barra Funda);
  • Cruzamento da Avenida Marquês de São Vicente x Viaduto Antártica;
  • Cruzamento da Avenida Braz Leme x Avenida Santos Dumont (Santana).

Temos um dia para comemorar, mas, todos os dias para praticar pequenas gentilezas na nossa rotina. Faça parte desse movimento e pratique gentilezas!

[post_title] => 13 de Novembro - Dia Mundial da Gentileza [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => 13-de-novembro-dia-mundial-da-gentileza [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-11-13 07:20:07 [post_modified_gmt] => 2014-11-13 07:20:07 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3313 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 3139 [post_author] => 2 [post_date] => 2013-06-18 11:48:17 [post_date_gmt] => 2013-06-18 13:48:17 [post_content] => Você acorda cedo, se arruma com pressa, toma um café rápido, junta suas coisas e vai correndo para o trabalho. Essa rotina faz parte das manhãs de muita gente, principalmente das que moram em grandes cidades e, sem perceber, acabam acumulando um estresse totalmente desnecessário. [caption id="attachment_3140" align="aligncenter" width="300" caption="Trânsito"]Trânsito[/caption] Um grande problema é quando o estresse de uma pessoa chega à outra, influenciando as pessoas ao seu redor, no trânsito. Pode reparar, basta uma buzinada para que a sinfonia das buzinas comece. Ainda bem que o processo inverso também acontece. Se você for gentil no trânsito, é bem provável que as pessoas também sejam. Afinal, gentileza gera gentileza, já dizia o poeta. Por isso, separamos algumas dicas para você manter a calma, ser gentil e passar essa atitude adiante: Humildade Saber reconhecer os seus erros com humildade e simplicidade pode evitar várias discussões. Respeito Aqui a dica é simples: respeite para ser respeitado! Paciência Ter paciência é fundamental para manter a calma, não agir por impulso ou tirar conclusões precipitadas. Pare, respire fundo e tudo vai dar certo. Educação Educação é fundamental, e não só no trânsito! É muito importante que esses gestos sejam colocados em prática. Lembre-se sempre que a rua é publica e o espaço deve ser compartilhado, respeitosamente, entre todas as formas de mobilidade. Assim, o trânsito nas cidades ficará mais gentil. [post_title] => Gentileza gera gentileza, até no trânsito. [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => gentileza-gera-gentileza-ate-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2013-06-18 11:48:17 [post_modified_gmt] => 2013-06-18 13:48:17 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3139 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 2992 [post_author] => 2 [post_date] => 2012-06-13 19:39:28 [post_date_gmt] => 2012-06-13 21:39:28 [post_content] => A falta de gentilezas e de respeito entre os condutores dificulta a qualidade de vida nas ruas. Com mais colaboração entre os motoristas, teríamos menos situações desgastantes nas ruas. E nem é (tão) difícil. Basta uma mudança de postura e de visão em relação às pessoas que estão ao seu redor. Fica o convite: confira essa compilação de dicas gentis e reflita. :)
  • É muito chato quando você quer mudar de faixa e o motorista ao lado não te dá passagem, né? Não aja como ele quando outro motorista quiser trocar de pista. O que vai, volta.
  • Não, “um minutinho” não é inofensivo. Nunca pare em fila dupla ou em locais proibidos. Esse “minutinho” pode prejudicar o fluxo do trânsito e causar um baita congestionamento!
  • Sempre dê a seta de direção para o motorista de trás (ou ao lado) saber o que você vai fazer. Faça isso até mesmo quando não houver outros carros por perto, assim você adquire o hábito e também sinaliza aos pedestres e ciclistas.
  • Ao procurar vaga no estacionamento do shopping ou do supermercado, não obstrua o corredor dirigindo devagar. Se você precisar mesmo encontrar uma vaga naquele piso, pelo menos deixe o carro de trás ultrapassá-lo.
  • Se você se deparar com um carro em manobra ou saindo de uma vaga (ou garagem), espere o motorista terminar, ao invés de ir para cima dele,  impedindo-o de sair.
  • Nunca buzine sem necessidade. Isso ajuda a diminuir a poluição sonora e evita sustos desnecessários nas ruas!
  • Não parar em cima da faixa de pedestre é bom, mas melhor ainda é não acelerar quando enxergar uma pessoa atravessando a rua, mesmo que ela esteja distante da faixa.
  • Esteja sempre atento ao trânsito e dirija em velocidade compatível com o fluxo. Se estiver devagar, mantenha-se na faixa da direita. Assim, você não atrasa os carros atrás de você.
  • Jamais dirija como se estivesse competindo. Isso vale para quem praticamente encosta no carro da frente, pra quem costura entre as pistas e pra quem força a entrada em uma pista.

carro E você, tem mais alguma dica gentil? Pode mandar, quem sabe ela não vem parar aqui? [post_title] => Dirija sem encarar os outros motoristas como inimigos [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => dirija-sem-encarar-os-outros-motoristas-como-inimigos [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2012-06-13 19:39:28 [post_modified_gmt] => 2012-06-13 21:39:28 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2992 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 4 [filter] => raw ) [6] => WP_Post Object ( [ID] => 2706 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-12-16 15:59:53 [post_date_gmt] => 2011-12-16 17:59:53 [post_content] =>

Você sabia que em países mega populosos (como a Índia) os carros têm que dividir as ruas com ciclistas, pedestres, cachorros, cavalos e até elefantes? Pois saiba que é verdade! E isso acontece devido à falta de calçadas, guias e escassa sinalização de trânsito. Quem acompanha os nossos canais nas redes sociais pôde assistir, há algumas semanas, este vídeo onde se pode ver claramente a situação caoticamente organizada do trânsito em um dia normal na cidade de Vadodara: http://gentil.vc/6r Por outro lado, contrastando completamente com a situação dos países asiáticos, na Suíça, o trânsito é tão bem organizado que os condutores chegam a parar diante de faixas de pedestre vazias – tudo pelo respeito à sinalização. Enquanto isso, São Paulo tem o 6º trânsito mais desgastante do mundo (de acordo com estudos internacionais divulgados na Conferência Internacional de Trânsito da Europa), seguido de perto por Nova Déli. Muitas vezes, uma discussão mais acalorada entre condutores termina em violência. “Em cidades grandes, muitos motoristas já saem de casa prontos para atacar ou se defender.” – trecho do livro “Por Que Dirigimos Assim?”, do jornalista americano Tom Vanderbilt. Fiscalizações e multas, muitas vezes, não são suficientes para reeducar quem já tem os seus vícios de direção. Não há leis que ensinem às pessoas os valores da gentileza, do respeito e da cordialidade.  É com a família que aprendemos a ser educados - e nosso comportamento como motoristas reflete o que aprendemos ao longo da vida. E você, faz a sua parte? Como repassa os valores de gentileza na vida e no trânsito para os seus filhos? Comente e compartilhe suas experiências com a gente! :D [post_title] => Os valores da gentileza e da cordialidade no trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => os-valores-da-gentileza-e-da-cordialidade-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-12-16 15:59:53 [post_modified_gmt] => 2011-12-16 17:59:53 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2706 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 3 [filter] => raw ) [7] => WP_Post Object ( [ID] => 2565 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-27 11:40:21 [post_date_gmt] => 2011-10-27 13:40:21 [post_content] => A irritação, segundo o dicionário, é a ação que excita os nervos, os órgãos. Alguns estudos dizem que quem fica irritado não é você e sim seus sentidos. Os sentidos existem como veículos de captação de informações. E você está recebendo dezenas de informações de todas as partes a cada instante. Nossos sentidos são influenciados por crenças, regras, julgamentos e interpretações, sem contar as experiênicas que vamos adquirindo durante o dia, que funcionam como uma constante reprogramação do que é certo e errado. E isso é um mecanismo de defesa do ego, que é alterado de acordo com as circunstâncias e o ambiente em que  você está inserido. A irritação é um desconforto que altera nosso humor e nos muda até mesmo fisicamente. Mas, precisamos admitir que alguém só consegue nos irritar se estivermos “irritáveis”. É isso mesmo: ficar irritado depende da gente e não dos outros. Por isso, vale a pena entender o que te irrita e como você reage a isso. Será que o local em que vive está te incomodando? O trânsito está pesado? Procure ver o que causa sua irritação e coloque sua paciência em prática, procurando sempre o seu ponto de equilíbrio. Esse será um bom começo, assim as situações e a reação de outras pessoas não te tiraram do sério. Lembre-se de que a decisão de ficar irritado é sua, assim como ser gentil também é uma decisão que cada um tem que tomar. Conte pra gente o que te tira do sério, compartilhe! Vamos dizer não à irritação. Fonte: Instituto União | Livro: O poder da gentileza. Rosana Braga. [post_title] => Qual o seu limite? O que irrita você? [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => qual-o-seu-limite-o-que-irrita-voce [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-27 11:40:21 [post_modified_gmt] => 2011-10-27 13:40:21 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2565 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 5 [filter] => raw ) [8] => WP_Post Object ( [ID] => 2538 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-25 10:56:03 [post_date_gmt] => 2011-10-25 12:56:03 [post_content] => Você, provavelmente, viu este vídeo em algum lugar. E essa pessoa existe mesmo!

Na Semana Nacional do Trânsito e durante boa parte do mês de outubro, um agente de trânsito tomou conta das redes sociais. E não foi porque agiu de modo injusto com alguém ou porque multou muitas pessoas ao mesmo tempo, mas porque ele é um “agente gentil”. Jobson Meirelles, da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Semtran), de Vila Velha (ES), foi homenageado por indicação dos motoristas e pedestres, pelo trabalho realizado no município, com uma placa de honra ao mérito e um vídeo que mostra seu trabalho como guarda de trânsito na Praia da Costa. Jobson aprendeu desde cedo que “gentileza gera gentileza” e que isso também ajuda na educação, além de contrubuir para um dia melhor. Ele consegue fiscalizar e também orientar as pessoas durante seu trabalho, para que possam transitar com mais segurança entre um cruzamento e outro. E o seu trabalho não para por aí: ele também presta muita atenção com quem utiliza o transporte público, falando dos horários de chegada dos ônibus. Este vídeo nos mostra que, cada vez mais, a gentileza está sendo praticada por aí e que as pessoas também compartilham desse sentimento nas redes sociais. O vídeo teve cerca de 4 mil exibições e muito comentários na rede. Em nossa Fan Page (http://www.facebook.com/transitomaisgentil), o vídeo foi compartilhado 230 vezes, 500 pessoas curtiram em apenas duas horas e tivemos 76 comentários elogiando o trabalho do agente de trânsito. Aliás, a nossa rede cresce a cada dia. Já somos mais de 200 mil apoiadores em todas as redes. É ou não é muita gentileza? E você: como faz para praticar a gentileza no dia a dia? Participe conosco! Siga-nos: Twitter: twitter.com/transitogentil Curta no Facebook: facebook.com/transitomaisgentil Assine nosso canal no Youtube: youtube.com/transitomaisgentil [post_title] => Um agente de trânsito que dominou as redes sociais [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => um-agente-de-transito-que-dominou-as-redes-sociais [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-25 10:56:03 [post_modified_gmt] => 2011-10-25 12:56:03 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2538 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 4 [filter] => raw ) [9] => WP_Post Object ( [ID] => 2524 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-21 10:29:06 [post_date_gmt] => 2011-10-21 12:29:06 [post_content] => Ser gentil não muda a quantidade de carros nas ruas, mas muda muito a qualidade do trânsito. Usar do estresse e da irritabilidade só piora os momentos que passamos em um congestionamento.  É questão de educação. Porém, acima de gentileza, não podemos nos esquecer das questões que a lei julga como certas ou erradas. Não seria necessária a lei para o uso da cadeirinha, se os próprios pais se preocupassem mais em proteger os seus filhos no trânsito. Assim como também não haveria multa para pedestres que atravessam fora da faixa, se eles se preocupassem mais em proteger a própria vida. Outro exemplo é dirigir sob o efeito do álcool e colocar a vida de outras pessoas em risco: uma falta de gentileza e humanidade mais do que desnecessária. E foi pensando nesse grupo de motoristas que o governo holandês criou uma trava anti-álcool. Como funciona? As pessoas flagradas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas serão obrigadas a instalar um dispositivo no painel do carro que impede que ele seja acionado antes de verificar a sobriedade do motorista, uma espécie de bafômetro. O que você acha desta ideia? Deveria ser item de série? Tira o direito do motorista de utilizar o seu próprio carro? Dê a sua opinião. =D Referência: http://gentil.vc/4t [post_title] => E se a chave do seu carro fosse o seu hálito? [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => e-se-a-chave-do-seu-carro-fosse-o-seu-halito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-21 10:29:06 [post_modified_gmt] => 2011-10-21 12:29:06 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2524 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) ) [post_count] => 10 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [post] => WP_Post Object ( [ID] => 3715 [post_author] => 1 [post_date] => 2016-03-03 15:21:38 [post_date_gmt] => 2016-03-03 15:21:38 [post_content] =>

Passamos grande parte do nosso tempo no trânsito, seja dentro de um carro, ônibus, metrô, trem e até mesmo a pé ou em cima de uma bicicleta. Se pararmos para pensar um pouco, logo vemos que o trânsito é feito de pessoas, sejam motoristas, ciclistas ou pedestres. Assim, nada mais é do que o reflexo de todos nós.

De repente, aquela frase "devemos ser a mudança que queremos ver" parece fazer todo o sentido, certo? Por isso, para que o trânsito de amanhã seja melhor, precisamos ser pessoas melhores também. Quanto mais gentileza, mais tolerância, mais paciência, mais respeito, melhor.

Nunca é tarde para começar uma mudança, ainda mais quando influencia na vida de outras pessoas. Você já recebeu alguma gentileza que deixou o seu dia mais leve? Conte pra gente! É só marcar no nosso mapa da gentileza: http://gentil.vc/mapadagentileza

Faça a sua parte e ajude a construir não só um Trânsito+gentil, mas uma rotina e uma vida melhor para todos nós. =)

[post_title] => O trânsito é o reflexo dos motoristas [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => o-transito-e-o-reflexo-dos-motoristas [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2016-03-03 15:21:38 [post_modified_gmt] => 2016-03-03 15:21:38 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/?p=3715 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 94 [max_num_pages] => 10 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_embed] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash:WP_Query:private] => b21069e4ba7a1511c8c3ea429d765293 [query_vars_changed:WP_Query:private] => [thumbnails_cached] => 1 [stopwords:WP_Query:private] => [compat_fields:WP_Query:private] => Array ( [0] => query_vars_hash [1] => query_vars_changed ) [compat_methods:WP_Query:private] => Array ( [0] => init_query_flags [1] => parse_tax_query ) )