Tag Archives: motorista

giovanna2

 

E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você.

Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão.

Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar.

Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem.

Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto

Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.

   * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto.

IMAGEM VIDEO GENTILEZA

Clique na foto para ver o vídeo de nossa ação de gentileza no trânsito =)

 

Gentileza: substantivo feminino que significa a qualidade do que é gentil, do que é amável. Gentileza é amabilidade, delicadeza sendo praticada.

Já que a gentileza tem um significado tão belo, por que não ter um dia especial para comemorá-la? Foi pensando nisso que, em 1996, alguns pequenos grupos praticantes da gentileza em seus países se reuniram, durante uma conferência em Tóquio, com o intuito de conectar e inspirar as pessoas a realizarem ações gentis pelo mundo. Quatro anos mais tarde, em 2000, a missão do movimento se concretizava e dava início a uma grande data comemorativa: o Dia Mundial da Gentileza, em 13 de novembro.

Conectado com a prática de gentilezas, o movimento Trânsito+gentil propõe uma mudança de hábito, incentivando atitudes em prol de um trânsito melhor como, por exemplo, evitar parar em fila dupla, organizar caronas e usar a bicicleta como alternativa de transporte, fazendo com que todos entendam que quando as pessoas mudam, a cidade se transforma e que isso começa dentro de cada um. De 2009 até hoje, são cinco anos levando mudanças de atitude para as ruas (veja o vídeo) e para a vida das pessoas, de forma que elas possam conviver em harmonia.

Que tal fazer parte e ajudar a transformar o seu bairro, a cidade ou até mesmo o país?

dia_mundial_gentileza

Para se inspirar, você pode acessar a editoria de Gentilezas Urbanas, no site Catraca Livre e conhecer diversas ideias de gentilezas espalhadas pelo mundo. E, para pegar um de nossos adesivos, acesse nossa página no Facebook, ou envie um e-mail para web@portoseguro.com.br.

Além disso, para comemorar o Dia Mundial da Gentileza, iremos distribuir adesivos em alguns pontos da cidade de São Paulo, das 8h às 14h, para os motoristas que passarem por esses locais. Anote os endereços:

 

  • Avenida Pedro Alvares Cabral – em frente à Assembleia Legislativa;
  • Cruzamento da Avenida Ibirapuera x Avenida Moema;
  • Praça Silvio Romero;
  • Cruzamento da Avenida Sumaré x Rua Turiassú (Barra Funda);
  • Cruzamento da Avenida Marquês de São Vicente x Viaduto Antártica;
  • Cruzamento da Avenida Braz Leme x Avenida Santos Dumont (Santana).

Temos um dia para comemorar, mas, todos os dias para praticar pequenas gentilezas na nossa rotina. Faça parte desse movimento e pratique gentilezas!

153896094

O cotidiano moderno em que vivemos nos leva cada vez mais à necessidade de estarmos sempre informados. É fato que os celulares evoluíram para facilitar a nossa vida: além das ligações e torpedos, agora também podemos checar as redes sociais, navegar por sites, trocar mensagens instantâneas e ainda existe uma infinidade de aplicativos. No entanto, ao dirigir, essa necessidade ocupa as mãos e o cuidado que deveriam estar no volante e, assim, reduzimos nossa atenção no trânsito.

Em um estudo realizado com 2 mil pessoas*, 24% dos entrevistados assumiram usar o smartphone ao dirigir, o que tem feito com que cada vez mais motoristas se envolvam em acidentes por distração. Quando se guia um automóvel, deve-se estar sempre com a visão atenta ao redor e ao andamento do tráfego, pois uma pequena distração pode acarretar um acidente sério.

A multa para quem infringir a lei é de R$ 85,13, considerada uma infração média, e o motorista acumula quatro pontos na carteira. E não é só o celular na mão o “vilão”: até mesmo o uso do viva-voz pode ser prejudicial à atenção do motorista.

Para evitar acidentes, é fundamental que os motoristas se conscientizem dos riscos aos quais se expõem e expõem todos os outros ao redor. Então, lembre-se: deixar seu celular desligado durante a direção garante a segurança do tráfego, a de todos na rua e a sua.

*Fonte: http://www.denatran.gov.br/

Trocar o uso diário do carro por uma bicicleta pode ser o início da conscientização da população quanto ao trânsito e ao estresse que ele causa. Andar de bike deixa a pessoa mais alegre e, mesmo que o percurso seja mais longo, ele flui melhor, sem o acelera-e-breca. A ideia é ótima, mas inviável para quem faz longas distâncias entre trabalho, casa e estudo.

Em algumas grandes cidades, já é possível utilizar carro, metrô, ônibus e bike gastando pouco, o que facilita – e muito! – a fuga dos congestionamentos. Ficou confuso? É que algumas estações de metrô e trem possuem estacionamento integrado (para você usar seu carro apenas para chegar àquela estação e deixá-lo em segurança) e bicicletário (para estacionar ou alugar uma bicicleta).

Se você pensa em fugir do engarrafamento, uma das opções é a bike. Veja algumas dicas para você curtir o trajeto com muita segurança e gentileza:

Segurança | Use os equipamentos de segurança ideais, como capacete e luvas. Evite grandes avenidas e as faixas de ônibus. Prefira as ruas paralelas que, geralmente, são mais calmas.

Seja visível | Ande pela direita e na mesma mão dos carros, só assim para que pedestres e motoristas vejam você. Afinal, não é tão comum as pessoas olharem para os dois lados em uma via de mão única. Além do mais, andando na mesma mão, em caso de colisão, a velocidade e o impacto são menores.

Calçadas | A calçada é para pedestres que, geralmente, não contam com ciclistas pedalando por ela. Isso faz com que eles parem sem avisar ou mudem a sua rota. E pode ser arriscado para ambos.

Conversão | Tenha atenção redobrada perto das esquinas. Muitos carros viram e, dependendo da velocidade, pode não dar tempo de frear.

Agora é sua vez de dar uma dica de gentileza! =D

Na semana passada, o Trânsito+gentil abordou os mitos que podem comprometer a gentileza no trânsito (sabe aquela mentira que alguém contou e ganhou a boca do povo?). Muitos deles podem acabar em multa e muito estresse depois.

Para você não se estressar e deixar a gentileza de lado, veja alguns desses mitos que encontramos por aí:

#1 Se você estiver preso em um congestionamento e perceber que não vai conseguir sair a tempo da área do rodízio de placas, basta ligar para o Departamento de Transporte da Prefeitura e registrar a sua dificuldade. Eles darão a você um número de protocolo, que irá ajudar na defesa da multa caso você a receba.
( x ) mito  (   ) verdade
A Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (SP) esclarece que não há fundamento na mensagem.

#2 Quem teve o veículo furtado/ roubado pode solicitar restituição do IPVA proporcional aos meses em que não fez uso do veículo.�
(  ) mito  ( x ) verdade
De acordo com a Lei 13.032, é possível pedir a restituição do imposto (válido para o Estado de São Paulo). É preciso que a ocorrência tenha sido registrada dentro do Estado e que você apresente o Boletim de Ocorrência.

#3 Se um carro colidir com o seu e não admitir a culpa, é possível chamar a Justiça Volante, um serviço público onde a viatura é equipada com juizado de pequenas causas semelhante a um tribunal. E a “sentença” é dada de dentro da viatura.
(  ) mito  ( x ) verdade
O serviço existe, sim. Porém, por enquanto, apenas em alguns Estados (Sergipe, Espírito Santo, Mato Grosso entre outros).

#4 Motoristas não podem dirigir descalços.
( x ) mito  (   ) verdade
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não faz nenhuma referência quanto ao calçado do condutor de veículo. Mas, é importante dirigir com um calçado confortável, que garanta segurança e não escape dos pés. No artigo 252, no entanto, é destacado que é proibido dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa o uso dos pedais (chinelo de dedo, tamancos, calçados que seja “preso” nos calcanhares.

 

Se você conhece alguma dessas “mentiras” ou tem alguma dúvida, compartilhe aqui e pesquisaremos a verdade.  =)

Pegar trânsito todos os dias tira a paciência de qualquer motorista. Mas pode ser ainda pior quando o engarrafamento o pega de surpresa, atrasando os seus compromissos. E como manter a gentileza em situações de extrema irritação?

Já pensou se todas as pessoas aplicassem os seus problemas no trânsito? Por isso, é muito importante ter em mente que gentileza e bom senso são aliados da segurança do trânsito, já que uma simples infração (uma ultrapassagem, atravessar a rua entre os carros etc.) pode resultar em um acidente.

Além de buscar informações do trânsito na TV ou rádio antes de sair de casa ou do trabalho, a dica do Trânsito+gentil para verfificar se há congestionamento nas ruas é usar o PortoVias, site que informa em tempo real as condições de trânsito. Se você está em São Paulo ou no Rio de Janeiro, pode cadastrar os trajetos que costuma realizar e o PortoVias compara as rotas e indica a que está fluindo melhor.

Saiba mais aqui: http://gentil.vc/ptvias

Bom caminho!

portovias

Muitos motoristas acreditam que, na rua, a prioridade é dos veículos. Alguns pedestres, ciclistas, motociclistas também acham que as ruas foram feitas pra eles. Quando há bom senso e gentileza, esse conflito é tirado de letra: espera-se o outro passar para poder seguir.

Mas, esse pensamento não é unanimidade. Tanto que, na última semana, a prefeitura da cidade de São Paulo implantou o sistema de monitoramento e multa para fazer valer a lei onde o pedestre sempre tem prioridade. Será que é tão simples assim?

A punição com multa e sete (07) pontos na carteira de habilitação (infração gravíssima) não privilegia quem deixa de utilizar a faixa de pedestre e a passarela ou atravessa entre os carros.

Veja dois casos em que o pedestre ganha a gentileza dos motoristas:

Faixa de pedestre: quando o pedestre estiver atravessando, mesmo que na outra ponta de onde está o seu carro, não avance. Espere que ele chegue com segurança na calçada.
Esquinas: muitas esquinas não possuem semáforo, tanto para carro como para pedestre. Nestes casos, diminua a velocidade e só siga se não houver pedestres atravessando.

Quando há gentileza no coração e no volante, nada disso precisa ser dito. Mas, vale lembrar que as regras têm o objetivo de proteger quem é mais frágil em um acidente de trânsito – pedestres, ciclistas, motociclistas e assim por diante. Porém, essa fiscalização não deve ser usada para que os pedestres atravessem onde bem entenderem ou enfrentem os outros veículos, concordam?

Sair com a família e amigos para se divertir é muito bom. Relaxa a tensão da semana e é a melhor coisa dos dias de folga. E para quem gosta de tomar um drink o fim de semana é ideal, já que é permitido perder a hora no dia seguinte. ;D

O que não pode é beber e dirigir. Não pode nunca! É contra as leis de trânsito e uma das maiores faltas de gentileza que você pode cometer contra você, as pessoas que te querem bem e os demais motoristas e pedestres.

Olha só como é simples ser gentil sem perder o conforto de sair pra se divertir de carro:
1.
Saia de taxi: você economiza no estacionamento e gasolina, além de não perder tempo buscando uma vaga. E ainda pode dividir o valor com os demais amigos.
2. Rodízio de motoristas: façam uma lista de amigos e realize um rodízio de motoristas, aqueles que saem de carro, não consomem álcool naquele dia. Mas poderão consumir quando forem passageiros.
3. Transporte coletivo: algumas cidades são muito bem servidas de transporte coletivo. Se você está em uma delas, aproveite esta opção econômica.

Viu como é simples curtir a vida sem deixar a gentileza no trânsito de lado? Bom fim de semana!

cruzamento

Sobre as gentilezas no trânsito nós falamos sempre, certo? Dar passagem, não buzinar, sempre respeitar a faixa de pedestre, não xingar… São muitos exemplos de gentilezas que podem fazer um Trânsito+gentil.

Mas, infelizmente, nem sempre todo mundo é gentil no trânsito. É nessas horas que podemos aprender com os erros, sejam eles os nossos ou os dos outros. Então, que tipo de atitude nós não devemos ter no trânsito?

Fechar o cruzamento. Isso com certeza é uma “não gentileza”. E quando alguém fecha um cruzamento e fica ali, parado, atrapalhando o tráfego, já dá pra imaginar que rapidamente outras “não gentilezas” acontecerão. Buzinas, xingamentos e pneus cantando tomarão conta do ambiente sonoro.

Outro exemplo são as buzinas das motos dentro de um túnel. Pode parecer irritante para os motoristas, mas às vezes os motociclistas buzinam para avisar os motoristas que estão passando, é um sinal de alerta. Como são várias motos, o barulho se multiplica. Quando isso acontecer, que tal não se irritar? Você pode colocar o seu CD preferido para tocar e “esquecer” do barulho lá fora. Só não vale esquecer também de dar a seta ao mudar de faixa, combinado?

E o ciclista pedindo passagem sinalizando com a mão? Ele só quer mudar de faixa para realizar uma conversão, mas o motorista acelera só pra não dar passagem.

Enfim, agora vamos fazer o seguinte. Para não ficarmos somente com as “não gentilezas”, comentem aqui no post dizendo a gentileza que contrapõe uma falta de educação qualquer no trânsito. Por exemplo, levou uma fechada? Não precisa xingar, dê um sorriso. Pode ser que o outro motorista nem tenha percebido o que fez. A palavra é de vocês, pessoal! Dividindo suas experiências conosco você ajuda outras pessoas a fazerem um Trânsito+gentil.

augustaXsantos

A Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) fez um levantamento em quatro cruzamentos importantes do centro expandido da capital paulista e constatou que quase 90% dos motoristas não respeitam a regra básica de dar prioridade ao pedestre que atravessa na faixa.

Outro problema observado foi a falta do uso de seta. Dos 12.328 veículos analisados, apenas 68% dos motoristas usaram a seta para fazer uma conversão, o que é considerado falha grave. (fonte G1)

E o que podemos fazer pra melhorar isso? Como podemos mudar nosso comportamento e fazermos um Trânsito+gentil? Respeitar o pedestre é essencial. Se você estiver em seu carro e vir um pedestre atravessando, principalmente em cima da faixa, reduza a velocidade e deixe-o passar. Quantos segundos você perderá nessa ação, afinal? Quase nada, né?

Já se você for pedestre, procure uma faixa para atravessar, mesmo que tenha que caminhar mais um pouco. Busque sempre a sua segurança. Um Trânsito+gentil começa com uma pequena atitude, que pode muito bem ser a sua, seja atrás de um volante ou andando pelas ruas da cidade.

Praticar gentilezas no trânsito faz bem a todos. O contrário não só causa um mal estar, como pode também pode motivar um acidente. Então, vamos buscar praticar um Trânsito+gentil para virar melhorar os números da cidade?

WP_Query Object
(
    [query] => Array
        (
            [tag] => motorista
        )

    [query_vars] => Array
        (
            [tag] => motorista
            [error] => 
            [m] => 
            [p] => 0
            [post_parent] => 
            [subpost] => 
            [subpost_id] => 
            [attachment] => 
            [attachment_id] => 0
            [name] => 
            [static] => 
            [pagename] => 
            [page_id] => 0
            [second] => 
            [minute] => 
            [hour] => 
            [day] => 0
            [monthnum] => 0
            [year] => 0
            [w] => 0
            [category_name] => 
            [cat] => 
            [tag_id] => 58
            [author] => 
            [author_name] => 
            [feed] => 
            [tb] => 
            [paged] => 0
            [meta_key] => 
            [meta_value] => 
            [preview] => 
            [s] => 
            [sentence] => 
            [title] => 
            [fields] => 
            [menu_order] => 
            [embed] => 
            [category__in] => Array
                (
                )

            [category__not_in] => Array
                (
                )

            [category__and] => Array
                (
                )

            [post__in] => Array
                (
                )

            [post__not_in] => Array
                (
                )

            [post_name__in] => Array
                (
                )

            [tag__in] => Array
                (
                )

            [tag__not_in] => Array
                (
                )

            [tag__and] => Array
                (
                )

            [tag_slug__in] => Array
                (
                    [0] => motorista
                )

            [tag_slug__and] => Array
                (
                )

            [post_parent__in] => Array
                (
                )

            [post_parent__not_in] => Array
                (
                )

            [author__in] => Array
                (
                )

            [author__not_in] => Array
                (
                )

            [ignore_sticky_posts] => 
            [suppress_filters] => 
            [cache_results] => 1
            [update_post_term_cache] => 1
            [lazy_load_term_meta] => 1
            [update_post_meta_cache] => 1
            [post_type] => 
            [posts_per_page] => 10
            [nopaging] => 
            [comments_per_page] => 50
            [no_found_rows] => 
            [order] => DESC
        )

    [tax_query] => WP_Tax_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [taxonomy] => post_tag
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => motorista
                                )

                            [field] => slug
                            [operator] => IN
                            [include_children] => 1
                        )

                )

            [relation] => AND
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                    [0] => t_g_term_relationships
                )

            [queried_terms] => Array
                (
                    [post_tag] => Array
                        (
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => motorista
                                )

                            [field] => slug
                        )

                )

            [primary_table] => t_g_posts
            [primary_id_column] => ID
        )

    [meta_query] => WP_Meta_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                )

            [relation] => 
            [meta_table] => 
            [meta_id_column] => 
            [primary_table] => 
            [primary_id_column] => 
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                )

            [clauses:protected] => Array
                (
                )

            [has_or_relation:protected] => 
        )

    [date_query] => 
    [queried_object] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 58
            [name] => motorista
            [slug] => motorista
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 58
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 14
            [filter] => raw
        )

    [queried_object_id] => 58
    [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS  t_g_posts.ID FROM t_g_posts  LEFT JOIN t_g_term_relationships ON (t_g_posts.ID = t_g_term_relationships.object_id) WHERE 1=1  AND ( 
  t_g_term_relationships.term_taxonomy_id IN (58)
) AND t_g_posts.post_type = 'post' AND (t_g_posts.post_status = 'publish') GROUP BY t_g_posts.ID ORDER BY t_g_posts.post_date DESC LIMIT 0, 10
    [posts] => Array
        (
            [0] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3338
                    [post_author] => 4
                    [post_date] => 2014-12-01 08:00:11
                    [post_date_gmt] => 2014-12-01 08:00:11
                    [post_content] => 

giovanna2

  E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você. Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão. Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar. Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem. Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.    * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto. [post_title] => Zero ponto = 5% de desconto [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => zero-ponto-5-de-desconto-2 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-12-01 08:00:11 [post_modified_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3338 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 13 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 3313 [post_author] => 4 [post_date] => 2014-11-13 07:20:07 [post_date_gmt] => 2014-11-13 07:20:07 [post_content] => [caption id="attachment_3320" align="aligncenter" width="471"]IMAGEM VIDEO GENTILEZA Clique na foto para ver o vídeo de nossa ação de gentileza no trânsito =)[/caption]  

Gentileza: substantivo feminino que significa a qualidade do que é gentil, do que é amável. Gentileza é amabilidade, delicadeza sendo praticada.

Já que a gentileza tem um significado tão belo, por que não ter um dia especial para comemorá-la? Foi pensando nisso que, em 1996, alguns pequenos grupos praticantes da gentileza em seus países se reuniram, durante uma conferência em Tóquio, com o intuito de conectar e inspirar as pessoas a realizarem ações gentis pelo mundo. Quatro anos mais tarde, em 2000, a missão do movimento se concretizava e dava início a uma grande data comemorativa: o Dia Mundial da Gentileza, em 13 de novembro.

Conectado com a prática de gentilezas, o movimento Trânsito+gentil propõe uma mudança de hábito, incentivando atitudes em prol de um trânsito melhor como, por exemplo, evitar parar em fila dupla, organizar caronas e usar a bicicleta como alternativa de transporte, fazendo com que todos entendam que quando as pessoas mudam, a cidade se transforma e que isso começa dentro de cada um. De 2009 até hoje, são cinco anos levando mudanças de atitude para as ruas (veja o vídeo) e para a vida das pessoas, de forma que elas possam conviver em harmonia.

Que tal fazer parte e ajudar a transformar o seu bairro, a cidade ou até mesmo o país?

dia_mundial_gentileza

Para se inspirar, você pode acessar a editoria de Gentilezas Urbanas, no site Catraca Livre e conhecer diversas ideias de gentilezas espalhadas pelo mundo. E, para pegar um de nossos adesivos, acesse nossa página no Facebook, ou envie um e-mail para web@portoseguro.com.br.

Além disso, para comemorar o Dia Mundial da Gentileza, iremos distribuir adesivos em alguns pontos da cidade de São Paulo, das 8h às 14h, para os motoristas que passarem por esses locais. Anote os endereços:

 
  • Avenida Pedro Alvares Cabral - em frente à Assembleia Legislativa;
  • Cruzamento da Avenida Ibirapuera x Avenida Moema;
  • Praça Silvio Romero;
  • Cruzamento da Avenida Sumaré x Rua Turiassú (Barra Funda);
  • Cruzamento da Avenida Marquês de São Vicente x Viaduto Antártica;
  • Cruzamento da Avenida Braz Leme x Avenida Santos Dumont (Santana).

Temos um dia para comemorar, mas, todos os dias para praticar pequenas gentilezas na nossa rotina. Faça parte desse movimento e pratique gentilezas!

[post_title] => 13 de Novembro - Dia Mundial da Gentileza [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => 13-de-novembro-dia-mundial-da-gentileza [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-11-13 07:20:07 [post_modified_gmt] => 2014-11-13 07:20:07 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3313 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 3074 [post_author] => 2 [post_date] => 2012-12-17 19:18:30 [post_date_gmt] => 2012-12-17 21:18:30 [post_content] => 153896094 O cotidiano moderno em que vivemos nos leva cada vez mais à necessidade de estarmos sempre informados. É fato que os celulares evoluíram para facilitar a nossa vida: além das ligações e torpedos, agora também podemos checar as redes sociais, navegar por sites, trocar mensagens instantâneas e ainda existe uma infinidade de aplicativos. No entanto, ao dirigir, essa necessidade ocupa as mãos e o cuidado que deveriam estar no volante e, assim, reduzimos nossa atenção no trânsito. Em um estudo realizado com 2 mil pessoas*, 24% dos entrevistados assumiram usar o smartphone ao dirigir, o que tem feito com que cada vez mais motoristas se envolvam em acidentes por distração. Quando se guia um automóvel, deve-se estar sempre com a visão atenta ao redor e ao andamento do tráfego, pois uma pequena distração pode acarretar um acidente sério. A multa para quem infringir a lei é de R$ 85,13, considerada uma infração média, e o motorista acumula quatro pontos na carteira. E não é só o celular na mão o “vilão”: até mesmo o uso do viva-voz pode ser prejudicial à atenção do motorista. Para evitar acidentes, é fundamental que os motoristas se conscientizem dos riscos aos quais se expõem e expõem todos os outros ao redor. Então, lembre-se: deixar seu celular desligado durante a direção garante a segurança do tráfego, a de todos na rua e a sua. *Fonte: http://www.denatran.gov.br/ [post_title] => Falar ao celular pode deixar você fora do ar [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => falar-ao-celular-pode-deixar-voce-fora-do-ar [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2012-12-17 19:18:30 [post_modified_gmt] => 2012-12-17 21:18:30 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3074 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 2320 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-09-06 11:59:33 [post_date_gmt] => 2011-09-06 13:59:33 [post_content] => Trocar o uso diário do carro por uma bicicleta pode ser o início da conscientização da população quanto ao trânsito e ao estresse que ele causa. Andar de bike deixa a pessoa mais alegre e, mesmo que o percurso seja mais longo, ele flui melhor, sem o acelera-e-breca. A ideia é ótima, mas inviável para quem faz longas distâncias entre trabalho, casa e estudo. Em algumas grandes cidades, já é possível utilizar carro, metrô, ônibus e bike gastando pouco, o que facilita - e muito! - a fuga dos congestionamentos. Ficou confuso? É que algumas estações de metrô e trem possuem estacionamento integrado (para você usar seu carro apenas para chegar àquela estação e deixá-lo em segurança) e bicicletário (para estacionar ou alugar uma bicicleta). Se você pensa em fugir do engarrafamento, uma das opções é a bike. Veja algumas dicas para você curtir o trajeto com muita segurança e gentileza: Segurança | Use os equipamentos de segurança ideais, como capacete e luvas. Evite grandes avenidas e as faixas de ônibus. Prefira as ruas paralelas que, geralmente, são mais calmas. Seja visível | Ande pela direita e na mesma mão dos carros, só assim para que pedestres e motoristas vejam você. Afinal, não é tão comum as pessoas olharem para os dois lados em uma via de mão única. Além do mais, andando na mesma mão, em caso de colisão, a velocidade e o impacto são menores. Calçadas | A calçada é para pedestres que, geralmente, não contam com ciclistas pedalando por ela. Isso faz com que eles parem sem avisar ou mudem a sua rota. E pode ser arriscado para ambos. Conversão | Tenha atenção redobrada perto das esquinas. Muitos carros viram e, dependendo da velocidade, pode não dar tempo de frear. Agora é sua vez de dar uma dica de gentileza! =D [post_title] => Trocando gentileza por... gentileza! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => trocando-gentileza-por-gentileza [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-09-06 11:59:33 [post_modified_gmt] => 2011-09-06 13:59:33 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2320 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 2315 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-09-05 14:43:49 [post_date_gmt] => 2011-09-05 16:43:49 [post_content] => Na semana passada, o Trânsito+gentil abordou os mitos que podem comprometer a gentileza no trânsito (sabe aquela mentira que alguém contou e ganhou a boca do povo?). Muitos deles podem acabar em multa e muito estresse depois. Para você não se estressar e deixar a gentileza de lado, veja alguns desses mitos que encontramos por aí: #1 Se você estiver preso em um congestionamento e perceber que não vai conseguir sair a tempo da área do rodízio de placas, basta ligar para o Departamento de Transporte da Prefeitura e registrar a sua dificuldade. Eles darão a você um número de protocolo, que irá ajudar na defesa da multa caso você a receba. ( x ) mito  (   ) verdade A Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (SP) esclarece que não há fundamento na mensagem. #2 Quem teve o veículo furtado/ roubado pode solicitar restituição do IPVA proporcional aos meses em que não fez uso do veículo.� (  ) mito  ( x ) verdade De acordo com a Lei 13.032, é possível pedir a restituição do imposto (válido para o Estado de São Paulo). É preciso que a ocorrência tenha sido registrada dentro do Estado e que você apresente o Boletim de Ocorrência. #3 Se um carro colidir com o seu e não admitir a culpa, é possível chamar a Justiça Volante, um serviço público onde a viatura é equipada com juizado de pequenas causas semelhante a um tribunal. E a “sentença” é dada de dentro da viatura. (  ) mito  ( x ) verdade O serviço existe, sim. Porém, por enquanto, apenas em alguns Estados (Sergipe, Espírito Santo, Mato Grosso entre outros). #4 Motoristas não podem dirigir descalços. ( x ) mito  (   ) verdade O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não faz nenhuma referência quanto ao calçado do condutor de veículo. Mas, é importante dirigir com um calçado confortável, que garanta segurança e não escape dos pés. No artigo 252, no entanto, é destacado que é proibido dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa o uso dos pedais (chinelo de dedo, tamancos, calçados que seja "preso" nos calcanhares.   Se você conhece alguma dessas "mentiras" ou tem alguma dúvida, compartilhe aqui e pesquisaremos a verdade.  =) [post_title] => Verdades do trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => verdades-do-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-09-05 14:43:49 [post_modified_gmt] => 2011-09-05 16:43:49 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2315 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 2 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 2285 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-08-30 12:41:48 [post_date_gmt] => 2011-08-30 14:41:48 [post_content] => Pegar trânsito todos os dias tira a paciência de qualquer motorista. Mas pode ser ainda pior quando o engarrafamento o pega de surpresa, atrasando os seus compromissos. E como manter a gentileza em situações de extrema irritação? Já pensou se todas as pessoas aplicassem os seus problemas no trânsito? Por isso, é muito importante ter em mente que gentileza e bom senso são aliados da segurança do trânsito, já que uma simples infração (uma ultrapassagem, atravessar a rua entre os carros etc.) pode resultar em um acidente. Além de buscar informações do trânsito na TV ou rádio antes de sair de casa ou do trabalho, a dica do Trânsito+gentil para verfificar se há congestionamento nas ruas é usar o PortoVias, site que informa em tempo real as condições de trânsito. Se você está em São Paulo ou no Rio de Janeiro, pode cadastrar os trajetos que costuma realizar e o PortoVias compara as rotas e indica a que está fluindo melhor. Saiba mais aqui: http://gentil.vc/ptvias Bom caminho! portovias [post_title] => Trânsito diário X engarrafamento surpresa [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => transito-diario-x-engarrafamento-surpresa [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-08-30 12:41:48 [post_modified_gmt] => 2011-08-30 14:41:48 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2285 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [6] => WP_Post Object ( [ID] => 2243 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-08-17 13:04:49 [post_date_gmt] => 2011-08-17 15:04:49 [post_content] => Muitos motoristas acreditam que, na rua, a prioridade é dos veículos. Alguns pedestres, ciclistas, motociclistas também acham que as ruas foram feitas pra eles. Quando há bom senso e gentileza, esse conflito é tirado de letra: espera-se o outro passar para poder seguir. Mas, esse pensamento não é unanimidade. Tanto que, na última semana, a prefeitura da cidade de São Paulo implantou o sistema de monitoramento e multa para fazer valer a lei onde o pedestre sempre tem prioridade. Será que é tão simples assim? A punição com multa e sete (07) pontos na carteira de habilitação (infração gravíssima) não privilegia quem deixa de utilizar a faixa de pedestre e a passarela ou atravessa entre os carros. Veja dois casos em que o pedestre ganha a gentileza dos motoristas: Faixa de pedestre: quando o pedestre estiver atravessando, mesmo que na outra ponta de onde está o seu carro, não avance. Espere que ele chegue com segurança na calçada. Esquinas: muitas esquinas não possuem semáforo, tanto para carro como para pedestre. Nestes casos, diminua a velocidade e só siga se não houver pedestres atravessando. Quando há gentileza no coração e no volante, nada disso precisa ser dito. Mas, vale lembrar que as regras têm o objetivo de proteger quem é mais frágil em um acidente de trânsito - pedestres, ciclistas, motociclistas e assim por diante. Porém, essa fiscalização não deve ser usada para que os pedestres atravessem onde bem entenderem ou enfrentem os outros veículos, concordam? [post_title] => Motorista+gentil. Pedestre+seguro. [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => motoristagentil-pedestreseguro [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-08-17 13:04:49 [post_modified_gmt] => 2011-08-17 15:04:49 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2243 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) [7] => WP_Post Object ( [ID] => 2215 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-08-12 10:42:09 [post_date_gmt] => 2011-08-12 12:42:09 [post_content] => Sair com a família e amigos para se divertir é muito bom. Relaxa a tensão da semana e é a melhor coisa dos dias de folga. E para quem gosta de tomar um drink o fim de semana é ideal, já que é permitido perder a hora no dia seguinte. ;D O que não pode é beber e dirigir. Não pode nunca! É contra as leis de trânsito e uma das maiores faltas de gentileza que você pode cometer contra você, as pessoas que te querem bem e os demais motoristas e pedestres. Olha só como é simples ser gentil sem perder o conforto de sair pra se divertir de carro: 1. Saia de taxi: você economiza no estacionamento e gasolina, além de não perder tempo buscando uma vaga. E ainda pode dividir o valor com os demais amigos. 2. Rodízio de motoristas: façam uma lista de amigos e realize um rodízio de motoristas, aqueles que saem de carro, não consomem álcool naquele dia. Mas poderão consumir quando forem passageiros. 3. Transporte coletivo: algumas cidades são muito bem servidas de transporte coletivo. Se você está em uma delas, aproveite esta opção econômica. Viu como é simples curtir a vida sem deixar a gentileza no trânsito de lado? Bom fim de semana! [post_title] => Fim de semana na contramão? Não! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => fim-de-semana-na-contramao-nao [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-08-12 10:42:09 [post_modified_gmt] => 2011-08-12 12:42:09 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2215 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [8] => WP_Post Object ( [ID] => 1707 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-05-17 16:01:50 [post_date_gmt] => 2011-05-17 18:01:50 [post_content] =>
cruzamento
Sobre as gentilezas no trânsito nós falamos sempre, certo? Dar passagem, não buzinar, sempre respeitar a faixa de pedestre, não xingar... São muitos exemplos de gentilezas que podem fazer um Trânsito+gentil. Mas, infelizmente, nem sempre todo mundo é gentil no trânsito. É nessas horas que podemos aprender com os erros, sejam eles os nossos ou os dos outros. Então, que tipo de atitude nós não devemos ter no trânsito? Fechar o cruzamento. Isso com certeza é uma “não gentileza”. E quando alguém fecha um cruzamento e fica ali, parado, atrapalhando o tráfego, já dá pra imaginar que rapidamente outras “não gentilezas” acontecerão. Buzinas, xingamentos e pneus cantando tomarão conta do ambiente sonoro. Outro exemplo são as buzinas das motos dentro de um túnel. Pode parecer irritante para os motoristas, mas às vezes os motociclistas buzinam para avisar os motoristas que estão passando, é um sinal de alerta. Como são várias motos, o barulho se multiplica. Quando isso acontecer, que tal não se irritar? Você pode colocar o seu CD preferido para tocar e “esquecer” do barulho lá fora. Só não vale esquecer também de dar a seta ao mudar de faixa, combinado? E o ciclista pedindo passagem sinalizando com a mão? Ele só quer mudar de faixa para realizar uma conversão, mas o motorista acelera só pra não dar passagem. Enfim, agora vamos fazer o seguinte. Para não ficarmos somente com as “não gentilezas”, comentem aqui no post dizendo a gentileza que contrapõe uma falta de educação qualquer no trânsito. Por exemplo, levou uma fechada? Não precisa xingar, dê um sorriso. Pode ser que o outro motorista nem tenha percebido o que fez. A palavra é de vocês, pessoal! Dividindo suas experiências conosco você ajuda outras pessoas a fazerem um Trânsito+gentil. [post_title] => As “Não Gentilezas” no Trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => as-nao-gentilezas-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-05-17 16:01:50 [post_modified_gmt] => 2011-05-17 18:01:50 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1707 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 3 [filter] => raw ) [9] => WP_Post Object ( [ID] => 1674 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-05-12 16:37:38 [post_date_gmt] => 2011-05-12 18:37:38 [post_content] =>
augustaXsantos
A Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) fez um levantamento em quatro cruzamentos importantes do centro expandido da capital paulista e constatou que quase 90% dos motoristas não respeitam a regra básica de dar prioridade ao pedestre que atravessa na faixa. Outro problema observado foi a falta do uso de seta. Dos 12.328 veículos analisados, apenas 68% dos motoristas usaram a seta para fazer uma conversão, o que é considerado falha grave. (fonte G1) E o que podemos fazer pra melhorar isso? Como podemos mudar nosso comportamento e fazermos um Trânsito+gentil? Respeitar o pedestre é essencial. Se você estiver em seu carro e vir um pedestre atravessando, principalmente em cima da faixa, reduza a velocidade e deixe-o passar. Quantos segundos você perderá nessa ação, afinal? Quase nada, né? Já se você for pedestre, procure uma faixa para atravessar, mesmo que tenha que caminhar mais um pouco. Busque sempre a sua segurança. Um Trânsito+gentil começa com uma pequena atitude, que pode muito bem ser a sua, seja atrás de um volante ou andando pelas ruas da cidade. Praticar gentilezas no trânsito faz bem a todos. O contrário não só causa um mal estar, como pode também pode motivar um acidente. Então, vamos buscar praticar um Trânsito+gentil para virar melhorar os números da cidade? [post_title] => Em São Paulo, 89% dos condutores não respeitam a faixa de pedestre [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => em-sao-paulo-89-dos-condutores-nao-respeitam-a-faixa-de-pedestre [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-05-12 16:37:38 [post_modified_gmt] => 2011-05-12 18:37:38 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1674 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) ) [post_count] => 10 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [post] => WP_Post Object ( [ID] => 3338 [post_author] => 4 [post_date] => 2014-12-01 08:00:11 [post_date_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content] =>

giovanna2

  E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você. Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão. Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar. Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem. Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.    * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto. [post_title] => Zero ponto = 5% de desconto [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => zero-ponto-5-de-desconto-2 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-12-01 08:00:11 [post_modified_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3338 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 13 [filter] => raw ) [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 14 [max_num_pages] => 2 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_embed] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash:WP_Query:private] => 327f276f91d9316795c4bb58f1d42834 [query_vars_changed:WP_Query:private] => [thumbnails_cached] => [stopwords:WP_Query:private] => [compat_fields:WP_Query:private] => Array ( [0] => query_vars_hash [1] => query_vars_changed ) [compat_methods:WP_Query:private] => Array ( [0] => init_query_flags [1] => parse_tax_query ) )