Tag Archives: Musica

820032_36625992

Que a música mexe com os nossos sentimentos, todo mundo sabe. No trânsito, é a mesma coisa: uma composição calma deixa motoristas tranquilos, enquanto um som pesado estimula as pessoas, podendo deixá-las mais nervosas e tensas. Que tal apelar para melodias gentis com a nossa ajuda?

Se música erudita relaxa, a música popular prende menos a atenção. Uma pesquisa realizada na Inglaterra com motoristas revelou que 60% dos entrevistados se sentem influenciados pelas músicas que escutam enquanto dirigem. Já 15% reconheceram que as melodias agressivas, como um rock mais pesado, os levam a dirigir mais rápido.

Além da música, ouvir a transmissão de uma partida de futebol também pode comprometer a direção. A Universidade de Leicester, na Inglaterra, divulgou um estudo no qual aponta que 2 milhões de pessoas sofreram acidentes ou escaparam por pouco de um enquanto escutavam um jogo pelo rádio.

O pior momento, claro, costuma ser aquele em que há uma situação de risco – como o time adversário perto de marcar um gol ou um jogador importante prestes a ser expulso de campo. Nada estranho para quem é fanático por futebol.  Para os torcedores apaixonados, o ideal é evitar ouvir o jogo do time do coração enquanto dirige. Mas, o mais importante mesmo, é lembrar que, a partir do momento que se assume a direção de um veículo, a sintonia deve ser na direção segura, na precaução, no respeito e na segurança.

Que tal conferir uma sugestão de playlist preparada pelo Trânsito+gentil pra você ouvir.

Internacionais:

Red Hot Chili Peppers – Under The Bridge

The Police – Every Breath You take

Blind Melon – No Rain

Ben Harper – Diamonds On the Inside

Donavon Frankenreiter – Free

Jack Johnson – Upside Down

Air – Playground Love

The Eagles – Hotel California

Jason Mraz – I Won’t Give Up

Feist – I Feel It All

Nacionais:

Djavan – Se

Nando Reis – Pra você guardei o amor

Marisa Monte – Ainda bem

Roberta Sá e Chico Buarque – Mambembe

Tom Jobim – Chega De Saudade

Marcelo Jeneci – Felicidade

Legião Urbana – Vento no Litoral

Claudinho e Buchecha – Fico Assim sem Você

Vanessa da Mata – Boa sorte/Amado

Maria Gadu – Quando fui chuva

Por André Aloi

Levantar da cama cedo é um martírio. Ainda mais quando você precisa enfrentar o trânsito das grandes metrópoles, principalmente São Paulo e Rio de Janeiro, cujos quilômetros de congestionamento aumentam a cada dia e batem novos recordes. Não é nada agradável sair de casa sabendo que você pode atrasar porque houve um acidente na principal avenida ou, simplesmente, porque todo mundo resolveu sair de casa na mesma hora (justo no dia do seu rodízio!). Tolerância é a palavra-chave para essas horas.

 Para tudo existe uma saída. No meu dia a dia, tento não me estressar tanto com as coisas por uma única razão: pela música. E falo isso pra minha mãe, que é sempre a “estressadinha”. Peço pra ela ter cuidado, porque não adianta xingar o motorista à frente, sem saber se ele pode estar armado… Enfim, seu limite de tolerância nem sempre é igual ao do outro. Nem a índole.

Então, eu ouço artistas que estão no meu iPod pra cozinhar, me preparar pra balada e, claro, dirigir. Meu dia é preenchido por música, seja de novos artistas (que falo no meu blog) ou antigas – faixas que marcaram ou estão marcando uma fase da minha vida. E, no trânsito, não é diferente.

Quando fui convidado para escrever este post, eu pensei: “nada mais justo do que eu falar de música”. E fiquei matutando quais seriam as que poderiam servir de alerta, orientação ou simplesmente para relaxar no trânsito. Ao começar o resgate, lembrei de clipes que tinham carros e, por alguma razão, poderiam servir de aviso. Então, aqui vão cinco músicas para você curtir enquanto está dirigindo. E, lembre-se: nada de se estressar porque – como em alguns clipes – acidentes não devem ser o desfecho para um dia chato, triste ou de mau humor.

 

REPENSAR ATITUDES
Radiohead – Karma Police | https://www.youtube.com/watch?v=IBH97ma9YiI

 

MELANCOLIA
Coldplay – The Scientist | https://www.youtube.com/watch?v=EqWLpTKBFcU

 

EXTRAVASAR SOZINHO
Alanis Morissette – Ironic | https://www.youtube.com/watch?v=Jne9t8sHpUc

 

ANIMAR
The Cardigans – My Favourite Game | https://www.youtube.com/watch?v=JsMUQK4jdsQ

 

CURTIR COM AMIGOS
Red Hot Chili Peppers – ScarTissue | https://www.youtube.com/watch?v=mzJj5-lubeM

 

**
André Aloi é um jovem quetem uma trilha sonora para tudo. No corre-corre do dia, ouve música para que o tempo passe mais devagar e memórias fiquem eternizadas sob refrões marcantes que tocam no seu iPod. É dono do blog Aos Cubos (www.aoscubos.com), um site de cultura pop que apresenta artistas e fala de apresentações gringasno Brasil. Também é redator no site da revista “QUEM” e, de vez em quando, dá sua opinião sobre CDs e DVDs no guia da revista “Rolling Stone”.

A organização DriveSafe revelou, após uma pesquisa, que a música ouvida pelos motoristas, pode influenciar na forma como os mesmos dirigem. De acordo com ela, alguns ritmos modificam o humor da pessoa no trânsito, fazendo com que os motoristas ajam de forma mais ofensiva ou tranquila.

Nela também é mostrado que 65% dos entrevistados reconheceram que a música tem participação direta em seus próprios comportamentos e que, dependendo do tipo de música, podem adquirir mais raiva ao dirigir.

Fay Goodman, da DriveSafe, diz e nós assinamos embaixo: “Educação é a chave para garantir que os motoristas sejam ensinados, não só quanto à maneira de conduzir um carro, mas também como se comportar adequadamente no trânsito”.

Se você costuma ouvir uma música mais agitada, com certeza ficará com a adrenalina lá em cima e conduzirá o automóvel com mais agressividade, podendo cometer algumas infrações.

E você o que acha? A música realmente influencia? Você muda sua maneira de conduzir o veículo de acordo com a música? Deixe seu comentário.

…se temos tantas opções para nos livrarmos dele?

É isso mesmo, pessoal! Este post é para lembrar que nós não precisamos pegar trânsito todos os dias. Tirando os dias em que temos compromissos inadiáveis, todos os outros são remediáveis. Como? É simples!

Sabe aquele dia em que você está no trabalho, já perto da hora de sair, quando de repente olha pela janela e vê que começou a chover? Nessa hora, o sangue ferve e você, mesmo antes de sair do escritório, já sente o stress de quando está parado no trânsito, não é mesmo?
Continue reading

E dirigir no engarrafamento, quem curte? Aliás, “dirigir” é força de expressão. Afinal, em uma cidade como São Paulo, tem dias que às seis da tarde ninguém se mexe. São horas andando lentamente, e é preciso muita força de vontade pra não pensar em tudo o que você poderia estar fazendo enquanto está lá, preso. Trânsito parado é uma verdadeira fábrica de atitudes nada gentis.

Já que não dá pra escapar disso, o segredo é evitar se irritar. Uma das melhores coisas é distrair o pensamento (claro, sem deixar de prestar atenção no trânsito). Por exemplo, ouvindo uma boa seleção de músicas, que acalmem e deixem o seu dia muito mais gostoso.

Precisando de umas ideias? Não deixe de ouvir essa seleção caprichada do blog #transitomaisgentil: www.blip.fm/transitogentil

Continue reading

WP_Query Object
(
    [query] => Array
        (
            [tag] => musica
        )

    [query_vars] => Array
        (
            [tag] => musica
            [error] => 
            [m] => 
            [p] => 0
            [post_parent] => 
            [subpost] => 
            [subpost_id] => 
            [attachment] => 
            [attachment_id] => 0
            [name] => 
            [static] => 
            [pagename] => 
            [page_id] => 0
            [second] => 
            [minute] => 
            [hour] => 
            [day] => 0
            [monthnum] => 0
            [year] => 0
            [w] => 0
            [category_name] => 
            [cat] => 
            [tag_id] => 36
            [author] => 
            [author_name] => 
            [feed] => 
            [tb] => 
            [paged] => 0
            [meta_key] => 
            [meta_value] => 
            [preview] => 
            [s] => 
            [sentence] => 
            [title] => 
            [fields] => 
            [menu_order] => 
            [embed] => 
            [category__in] => Array
                (
                )

            [category__not_in] => Array
                (
                )

            [category__and] => Array
                (
                )

            [post__in] => Array
                (
                )

            [post__not_in] => Array
                (
                )

            [post_name__in] => Array
                (
                )

            [tag__in] => Array
                (
                )

            [tag__not_in] => Array
                (
                )

            [tag__and] => Array
                (
                )

            [tag_slug__in] => Array
                (
                    [0] => musica
                )

            [tag_slug__and] => Array
                (
                )

            [post_parent__in] => Array
                (
                )

            [post_parent__not_in] => Array
                (
                )

            [author__in] => Array
                (
                )

            [author__not_in] => Array
                (
                )

            [ignore_sticky_posts] => 
            [suppress_filters] => 
            [cache_results] => 1
            [update_post_term_cache] => 1
            [lazy_load_term_meta] => 1
            [update_post_meta_cache] => 1
            [post_type] => 
            [posts_per_page] => 10
            [nopaging] => 
            [comments_per_page] => 50
            [no_found_rows] => 
            [order] => DESC
        )

    [tax_query] => WP_Tax_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [taxonomy] => post_tag
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => musica
                                )

                            [field] => slug
                            [operator] => IN
                            [include_children] => 1
                        )

                )

            [relation] => AND
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                    [0] => t_g_term_relationships
                )

            [queried_terms] => Array
                (
                    [post_tag] => Array
                        (
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => musica
                                )

                            [field] => slug
                        )

                )

            [primary_table] => t_g_posts
            [primary_id_column] => ID
        )

    [meta_query] => WP_Meta_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                )

            [relation] => 
            [meta_table] => 
            [meta_id_column] => 
            [primary_table] => 
            [primary_id_column] => 
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                )

            [clauses:protected] => Array
                (
                )

            [has_or_relation:protected] => 
        )

    [date_query] => 
    [queried_object] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 36
            [name] => Musica
            [slug] => musica
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 36
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 5
            [filter] => raw
        )

    [queried_object_id] => 36
    [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS  t_g_posts.ID FROM t_g_posts  LEFT JOIN t_g_term_relationships ON (t_g_posts.ID = t_g_term_relationships.object_id) WHERE 1=1  AND ( 
  t_g_term_relationships.term_taxonomy_id IN (36)
) AND t_g_posts.post_type = 'post' AND (t_g_posts.post_status = 'publish') GROUP BY t_g_posts.ID ORDER BY t_g_posts.post_date DESC LIMIT 0, 10
    [posts] => Array
        (
            [0] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3012
                    [post_author] => 2
                    [post_date] => 2012-07-04 14:06:44
                    [post_date_gmt] => 2012-07-04 16:06:44
                    [post_content] => 

820032_36625992

Que a música mexe com os nossos sentimentos, todo mundo sabe. No trânsito, é a mesma coisa: uma composição calma deixa motoristas tranquilos, enquanto um som pesado estimula as pessoas, podendo deixá-las mais nervosas e tensas. Que tal apelar para melodias gentis com a nossa ajuda? Se música erudita relaxa, a música popular prende menos a atenção. Uma pesquisa realizada na Inglaterra com motoristas revelou que 60% dos entrevistados se sentem influenciados pelas músicas que escutam enquanto dirigem. Já 15% reconheceram que as melodias agressivas, como um rock mais pesado, os levam a dirigir mais rápido. Além da música, ouvir a transmissão de uma partida de futebol também pode comprometer a direção. A Universidade de Leicester, na Inglaterra, divulgou um estudo no qual aponta que 2 milhões de pessoas sofreram acidentes ou escaparam por pouco de um enquanto escutavam um jogo pelo rádio. O pior momento, claro, costuma ser aquele em que há uma situação de risco – como o time adversário perto de marcar um gol ou um jogador importante prestes a ser expulso de campo. Nada estranho para quem é fanático por futebol.  Para os torcedores apaixonados, o ideal é evitar ouvir o jogo do time do coração enquanto dirige. Mas, o mais importante mesmo, é lembrar que, a partir do momento que se assume a direção de um veículo, a sintonia deve ser na direção segura, na precaução, no respeito e na segurança. Que tal conferir uma sugestão de playlist preparada pelo Trânsito+gentil pra você ouvir.
Internacionais: Red Hot Chili Peppers – Under The Bridge The Police – Every Breath You take Blind Melon – No Rain Ben Harper – Diamonds On the Inside Donavon Frankenreiter – Free Jack Johnson – Upside Down Air – Playground Love The Eagles – Hotel California Jason Mraz – I Won't Give Up Feist – I Feel It All Nacionais: Djavan – Se Nando Reis – Pra você guardei o amor Marisa Monte – Ainda bem Roberta Sá e Chico Buarque – Mambembe Tom Jobim – Chega De Saudade Marcelo Jeneci – Felicidade Legião Urbana – Vento no Litoral Claudinho e Buchecha – Fico Assim sem Você Vanessa da Mata – Boa sorte/Amado Maria Gadu – Quando fui chuva
[post_title] => Gentilezas no ritmo certo: a música no trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => gentilezas-no-ritmo-certo-a-musica-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2012-07-04 14:06:44 [post_modified_gmt] => 2012-07-04 16:06:44 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3012 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 6 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 2453 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-04 12:15:37 [post_date_gmt] => 2011-10-04 14:15:37 [post_content] => Por André Aloi Levantar da cama cedo é um martírio. Ainda mais quando você precisa enfrentar o trânsito das grandes metrópoles, principalmente São Paulo e Rio de Janeiro, cujos quilômetros de congestionamento aumentam a cada dia e batem novos recordes. Não é nada agradável sair de casa sabendo que você pode atrasar porque houve um acidente na principal avenida ou, simplesmente, porque todo mundo resolveu sair de casa na mesma hora (justo no dia do seu rodízio!). Tolerância é a palavra-chave para essas horas.  Para tudo existe uma saída. No meu dia a dia, tento não me estressar tanto com as coisas por uma única razão: pela música. E falo isso pra minha mãe, que é sempre a "estressadinha". Peço pra ela ter cuidado, porque não adianta xingar o motorista à frente, sem saber se ele pode estar armado... Enfim, seu limite de tolerância nem sempre é igual ao do outro. Nem a índole. Então, eu ouço artistas que estão no meu iPod pra cozinhar, me preparar pra balada e, claro, dirigir. Meu dia é preenchido por música, seja de novos artistas (que falo no meu blog) ou antigas – faixas que marcaram ou estão marcando uma fase da minha vida. E, no trânsito, não é diferente. Quando fui convidado para escrever este post, eu pensei: "nada mais justo do que eu falar de música". E fiquei matutando quais seriam as que poderiam servir de alerta, orientação ou simplesmente para relaxar no trânsito. Ao começar o resgate, lembrei de clipes que tinham carros e, por alguma razão, poderiam servir de aviso. Então, aqui vão cinco músicas para você curtir enquanto está dirigindo. E, lembre-se: nada de se estressar porque - como em alguns clipes – acidentes não devem ser o desfecho para um dia chato, triste ou de mau humor.   REPENSAR ATITUDES Radiohead - Karma Police | https://www.youtube.com/watch?v=IBH97ma9YiI   MELANCOLIA Coldplay - The Scientist | https://www.youtube.com/watch?v=EqWLpTKBFcU   EXTRAVASAR SOZINHO Alanis Morissette - Ironic | https://www.youtube.com/watch?v=Jne9t8sHpUc   ANIMAR The Cardigans - My Favourite Game | https://www.youtube.com/watch?v=JsMUQK4jdsQ   CURTIR COM AMIGOS Red Hot Chili Peppers - ScarTissue | https://www.youtube.com/watch?v=mzJj5-lubeM   ** André Aloi é um jovem quetem uma trilha sonora para tudo. No corre-corre do dia, ouve música para que o tempo passe mais devagar e memórias fiquem eternizadas sob refrões marcantes que tocam no seu iPod. É dono do blog Aos Cubos (www.aoscubos.com), um site de cultura pop que apresenta artistas e fala de apresentações gringasno Brasil. Também é redator no site da revista "QUEM" e, de vez em quando, dá sua opinião sobre CDs e DVDs no guia da revista "Rolling Stone". [post_title] => Música pode ser o remédio para eliminar ou aliviar o estresse no trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => musica-pode-ser-o-remedio-para-eliminar-ou-aliviar-o-estresse-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-04 12:15:37 [post_modified_gmt] => 2011-10-04 14:15:37 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2453 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 5 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 1536 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-04-18 17:47:48 [post_date_gmt] => 2011-04-18 19:47:48 [post_content] => A organização DriveSafe revelou, após uma pesquisa, que a música ouvida pelos motoristas, pode influenciar na forma como os mesmos dirigem. De acordo com ela, alguns ritmos modificam o humor da pessoa no trânsito, fazendo com que os motoristas ajam de forma mais ofensiva ou tranquila. Nela também é mostrado que 65% dos entrevistados reconheceram que a música tem participação direta em seus próprios comportamentos e que, dependendo do tipo de música, podem adquirir mais raiva ao dirigir. Fay Goodman, da DriveSafe, diz e nós assinamos embaixo: “Educação é a chave para garantir que os motoristas sejam ensinados, não só quanto à maneira de conduzir um carro, mas também como se comportar adequadamente no trânsito”. Se você costuma ouvir uma música mais agitada, com certeza ficará com a adrenalina lá em cima e conduzirá o automóvel com mais agressividade, podendo cometer algumas infrações. E você o que acha? A música realmente influencia? Você muda sua maneira de conduzir o veículo de acordo com a música? Deixe seu comentário. [post_title] => Pesquisa comprova: Música pode influenciar motoristas [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => pesquisa-comprova-musica-pode-influenciar-motoristas [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-04-18 17:47:48 [post_modified_gmt] => 2011-04-18 19:47:48 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=1536 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 8 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 684 [post_author] => 2 [post_date] => 2010-04-07 16:26:27 [post_date_gmt] => 2010-04-07 18:26:27 [post_content] => ...se temos tantas opções para nos livrarmos dele? É isso mesmo, pessoal! Este post é para lembrar que nós não precisamos pegar trânsito todos os dias. Tirando os dias em que temos compromissos inadiáveis, todos os outros são remediáveis. Como? É simples! Sabe aquele dia em que você está no trabalho, já perto da hora de sair, quando de repente olha pela janela e vê que começou a chover? Nessa hora, o sangue ferve e você, mesmo antes de sair do escritório, já sente o stress de quando está parado no trânsito, não é mesmo? Para evitar tudo isso, que tal deixar o carro no estacionamento e aproveitar para ver aquela exposição que está tendo na galeria de arte, na rua ao lado do seu trabalho? Para quem mora em cidade grande, é tão fácil achar alternativas para dar um tempinho e esperar a hora do rush passar... Pegue um cineminha, encontre um amigo para colocar o papo em dia! Vá a exposições, peças de teatro ou, até mesmo, procure um bom livro em uma daquelas livrarias gostosas com sofás e mesinhas de leitura. A idéia é evitar o trânsito caótico. Pra que ficar dentro do carro durante muito tempo, se você pode fazer coisas mais interessantes e ainda chegar no mesmo horário em casa, só que com menos rugas no rosto? Se você concorda com a gente, aqui vão algumas dicas: SESC Portal do Sesc (Serviço Social do Comércio). Nele, você pode procurar o site do Sesc de seu Estado e conferir agenda cultural, lista de cursos gratuitos, shows, peças de teatro etc. Eventos Culturais Porto Seguro Este é válido para vários Estados do Brasil. Dá dicas culturais e descontos para quem for cliente da Porto Seguro. Catraca Livre Um guia online fruto de um projeto de jornalismo educativo que seleciona as melhores atrações culturais gratuitas e a preço popular da região metropolitana, com foco na capital. . Vira e mexe eles fazem promoções e é super fácil ganhar alguns ingressos. [post_title] => Pra que pegar trânsito... [post_excerpt] => ...se temos tantas opções para nos livrarmos dele? É isso mesmo, pessoal! Este post é para lembrar que nós não precisamos pegar trânsito todos os dias. Tirando os dias em que temos compromissos inadiáveis, todos os outros são remediáveis. Como? É simples! Sabe aquele dia em que você está no trabalho, já perto da hora de sair, quando de repente olha pela janela e vê que começou a chover? Nessa hora, o sangue ferve e você, mesmo antes de sair do escritório, já sente o stress de quando está parado no trânsito, não é mesmo? [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => pra-que-pegar-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2010-04-07 16:26:27 [post_modified_gmt] => 2010-04-07 18:26:27 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=684 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 8 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 67 [post_author] => 2 [post_date] => 2009-12-18 20:27:30 [post_date_gmt] => 2009-12-18 22:27:30 [post_content] => E dirigir no engarrafamento, quem curte? Aliás, “dirigir” é força de expressão. Afinal, em uma cidade como São Paulo, tem dias que às seis da tarde ninguém se mexe. São horas andando lentamente, e é preciso muita força de vontade pra não pensar em tudo o que você poderia estar fazendo enquanto está lá, preso. Trânsito parado é uma verdadeira fábrica de atitudes nada gentis. Já que não dá pra escapar disso, o segredo é evitar se irritar. Uma das melhores coisas é distrair o pensamento (claro, sem deixar de prestar atenção no trânsito). Por exemplo, ouvindo uma boa seleção de músicas, que acalmem e deixem o seu dia muito mais gostoso. Precisando de umas ideias? Não deixe de ouvir essa seleção caprichada do blog #transitomaisgentil: www.blip.fm/transitogentil Garantimos: além de não ouvir aquelas buzinas chatas, você não vai nem sentir o congestionamento ali na frente. E você? Tem alguma sugestão de música? Siga nosso Twitter www.twitter.com/transitogentil e nos envie a sua trilha sonora preferida! [post_title] => Músicas pra fazer o trânsito andar mais rápido [post_excerpt] =>

E dirigir no engarrafamento, quem curte? Aliás, “dirigir” é força de expressão. Afinal, em uma cidade como São Paulo, tem dias que às seis da tarde ninguém se mexe. São horas andando lentamente, e é preciso muita força de vontade pra não pensar em tudo o que você poderia estar fazendo enquanto está lá, preso. Trânsito parado é uma verdadeira fábrica de atitudes nada gentis.

Já que não dá pra escapar disso, o segredo é evitar se irritar. Uma das melhores coisas é distrair o pensamento (claro, sem deixar de prestar atenção no trânsito). Por exemplo, ouvindo uma boa seleção de músicas, que acalmem e deixem o seu dia muito mais gostoso.

Precisando de umas ideias? Não deixe de ouvir essa seleção caprichada do blog #transitomaisgentil: www.blip.fm/transitogentil

[post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => musicas-pra-fazer-o-transito-andar-mais-rapido [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2009-12-18 20:27:30 [post_modified_gmt] => 2009-12-18 22:27:30 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=67 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 5 [filter] => raw ) ) [post_count] => 5 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [post] => WP_Post Object ( [ID] => 3012 [post_author] => 2 [post_date] => 2012-07-04 14:06:44 [post_date_gmt] => 2012-07-04 16:06:44 [post_content] =>

820032_36625992

Que a música mexe com os nossos sentimentos, todo mundo sabe. No trânsito, é a mesma coisa: uma composição calma deixa motoristas tranquilos, enquanto um som pesado estimula as pessoas, podendo deixá-las mais nervosas e tensas. Que tal apelar para melodias gentis com a nossa ajuda? Se música erudita relaxa, a música popular prende menos a atenção. Uma pesquisa realizada na Inglaterra com motoristas revelou que 60% dos entrevistados se sentem influenciados pelas músicas que escutam enquanto dirigem. Já 15% reconheceram que as melodias agressivas, como um rock mais pesado, os levam a dirigir mais rápido. Além da música, ouvir a transmissão de uma partida de futebol também pode comprometer a direção. A Universidade de Leicester, na Inglaterra, divulgou um estudo no qual aponta que 2 milhões de pessoas sofreram acidentes ou escaparam por pouco de um enquanto escutavam um jogo pelo rádio. O pior momento, claro, costuma ser aquele em que há uma situação de risco – como o time adversário perto de marcar um gol ou um jogador importante prestes a ser expulso de campo. Nada estranho para quem é fanático por futebol.  Para os torcedores apaixonados, o ideal é evitar ouvir o jogo do time do coração enquanto dirige. Mas, o mais importante mesmo, é lembrar que, a partir do momento que se assume a direção de um veículo, a sintonia deve ser na direção segura, na precaução, no respeito e na segurança. Que tal conferir uma sugestão de playlist preparada pelo Trânsito+gentil pra você ouvir.
Internacionais: Red Hot Chili Peppers – Under The Bridge The Police – Every Breath You take Blind Melon – No Rain Ben Harper – Diamonds On the Inside Donavon Frankenreiter – Free Jack Johnson – Upside Down Air – Playground Love The Eagles – Hotel California Jason Mraz – I Won't Give Up Feist – I Feel It All Nacionais: Djavan – Se Nando Reis – Pra você guardei o amor Marisa Monte – Ainda bem Roberta Sá e Chico Buarque – Mambembe Tom Jobim – Chega De Saudade Marcelo Jeneci – Felicidade Legião Urbana – Vento no Litoral Claudinho e Buchecha – Fico Assim sem Você Vanessa da Mata – Boa sorte/Amado Maria Gadu – Quando fui chuva
[post_title] => Gentilezas no ritmo certo: a música no trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => gentilezas-no-ritmo-certo-a-musica-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2012-07-04 14:06:44 [post_modified_gmt] => 2012-07-04 16:06:44 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=3012 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 6 [filter] => raw ) [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 5 [max_num_pages] => 1 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_embed] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash:WP_Query:private] => f6f2724242de9ce2e4ec8915d4189410 [query_vars_changed:WP_Query:private] => [thumbnails_cached] => [stopwords:WP_Query:private] => [compat_fields:WP_Query:private] => Array ( [0] => query_vars_hash [1] => query_vars_changed ) [compat_methods:WP_Query:private] => Array ( [0] => init_query_flags [1] => parse_tax_query ) )