Tag Archives: Veículo

Rio de janeiro + gentil também tem desconto!

 

 

Vamos dar uma mãozinha para transformar as ruas do Rio de Janeiro em lugares de boa convivência entre os motoristas.

Como? Por meio da campanha Trânsito+gentil, o Porto Seguro Auto está oferecendo descontos de 5% na contratação ou renovação do seguro para motoristas que não possuam pontos na carteira de habilitação. Ou seja, para garantir o seu, você não deve ter cometido nenhuma infração de trânsito por um período de 12 meses.

O desconto já está valendo para o Estado de São Paulo e, agora, começa a valer para o Estado do Rio de Janeiro também. Saiba como funciona o desconto e fale com seu Corretor: http://gentil.vc/descontoauto

giovanna2

 

E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você.

Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão.

Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar.

Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem.

Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto

Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.

   * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto.

Você sabia que em países mega populosos (como a Índia) os carros têm que dividir as ruas com ciclistas, pedestres, cachorros, cavalos e até elefantes? Pois saiba que é verdade! E isso acontece devido à falta de calçadas, guias e escassa sinalização de trânsito.

Quem acompanha os nossos canais nas redes sociais pôde assistir, há algumas semanas, este vídeo onde se pode ver claramente a situação caoticamente organizada do trânsito em um dia normal na cidade de Vadodara: http://gentil.vc/6r

Por outro lado, contrastando completamente com a situação dos países asiáticos, na Suíça, o trânsito é tão bem organizado que os condutores chegam a parar diante de faixas de pedestre vazias – tudo pelo respeito à sinalização. Enquanto isso, São Paulo tem o 6º trânsito mais desgastante do mundo (de acordo com estudos internacionais divulgados na Conferência Internacional de Trânsito da Europa), seguido de perto por Nova Déli.

Muitas vezes, uma discussão mais acalorada entre condutores termina em violência. “Em cidades grandes, muitos motoristas já saem de casa prontos para atacar ou se defender.” – trecho do livro “Por Que Dirigimos Assim?”, do jornalista americano Tom Vanderbilt.

Fiscalizações e multas, muitas vezes, não são suficientes para reeducar quem já tem os seus vícios de direção. Não há leis que ensinem às pessoas os valores da gentileza, do respeito e da cordialidade.  É com a família que aprendemos a ser educados – e nosso comportamento como motoristas reflete o que aprendemos ao longo da vida.

E você, faz a sua parte? Como repassa os valores de gentileza na vida e no trânsito para os seus filhos? Comente e compartilhe suas experiências com a gente! 😀

Ser gentil não muda a quantidade de carros nas ruas, mas muda muito a qualidade do trânsito. Usar do estresse e da irritabilidade só piora os momentos que passamos em um congestionamento.  É questão de educação.

Porém, acima de gentileza, não podemos nos esquecer das questões que a lei julga como certas ou erradas. Não seria necessária a lei para o uso da cadeirinha, se os próprios pais se preocupassem mais em proteger os seus filhos no trânsito. Assim como também não haveria multa para pedestres que atravessam fora da faixa, se eles se preocupassem mais em proteger a própria vida.

Outro exemplo é dirigir sob o efeito do álcool e colocar a vida de outras pessoas em risco: uma falta de gentileza e humanidade mais do que desnecessária. E foi pensando nesse grupo de motoristas que o governo holandês criou uma trava anti-álcool. Como funciona? As pessoas flagradas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas serão obrigadas a instalar um dispositivo no painel do carro que impede que ele seja acionado antes de verificar a sobriedade do motorista, uma espécie de bafômetro.

O que você acha desta ideia? Deveria ser item de série? Tira o direito do motorista de utilizar o seu próprio carro? Dê a sua opinião. =D

Referência: http://gentil.vc/4t

Como se não bastasse o estresse do dia a dia com as preocupações do trabalho, escola e casa, muita gente passa ainda mais nervoso se deslocando entre eles. Isso mesmo: no trânsito.

E não é só você, da cidade grande, que sofre deste problema. Os congestionamentos estão também em pequenas cidades e outros países do mundo. Ao menos, é o que diz um estudo realizado pelos pesquisadores da indústria de informática IBM.

O estudo buscava entender a atitude das pessoas em um congestionamento e descobriu que o trânsito vem melhorando, na opinião delas, mas, que a reação a esta situação é mais estressante do que antes. A pesquisa ainda aponta que os entrevistados estão conscientes da relação ‘menos trânsito – manutenção do estresse’ e, por consequência, da queda do rendimento e dedicação nas outras áreas da vida.

A pesquisa aponta que, nos países ricos, muita gente está deixando os carros em casa e aderindo ao transporte coletivo ou bicicleta, mesmo em cidades de trânsito caótico, como Cidade do México, Nova Delhi (Índia) e Shenzen (China).

Se você depende do seu carro no dia a dia, o que dificulta o combate ao trânsito, então, se planeje em busca de uma forma de não se estressar: saia mais cedo de casa, dê carona para alguém divertido, ouça uma boa música… Qual a sua dica?

**
Recebemos essa dica de pauta da nossa seguidora gentil @JoanaPomarole. Dê a sua sugestão também! 😉

Quem usa o carro para se deslocar para longas distâncias pode até ter vontade de ser menos dependente do automóvel, mas sabe que é muito difícil colocar essa vontade em prática.

Nem todas as cidades possuem um trânsito fluído e seguro, transporte coletivo que funcione de forma pontual e confortável. Além disso, não podemos ignorar os riscos de nos deslocar de motocicleta ou bike. Por isso, o Trânsito+gentil listou algumas possibilidades que, se você achar viável encaixar em seu dia a dia, podem amenizar o estresse e diminuir o tempo que você passa no trânsito:

Automóvel: (1) se você trabalha na rua e precisa do carro ou moto para se deslocar, tente agregar alguns colegas para oferecer carona. A atitude diminui o trânsito e os seus gastos com gasolina e estacionamento, já que todos podem contribuir. (2) Quando estiver em pleno congestionamento, que tal ouvir uma música legal, alongar o pulso e braços?

Moto: o motociclista precisa dirigir por ele e para os outros, já que muitos veículos possuem os “pontos cegos” que tornam a moto invisível quando olha rapidamente pelos espelhos retrovisores. Esteja sempre atento aos carros e pedestres ao redor.

Transporte público: para quem tem um trabalho mais flexível, uma opção é usar ônibus, metrô ou trem em horários diferenciados (um pouco antes ou depois do grande fluxo de pessoas). Levar uma boa revista ou livro de companhia pode contribuir para que o caminho seja mais gentil e prazeroso.

Bike: carregue, junto da gentileza, os equipamentos de segurança obrigatórios e preste muita atenção a motoristas e pedestres. Sinalize sempre as suas próximas ações. Se não tem uma bicicleta, você pode pegar uma emprestada/alugada nos pontos oferecidos por algumas prefeituras. É o caso da Prefeitura de São Paulo, que instalou postos próximos às estações de metrô.

Mix de meios de transporte: você sabia que algumas prefeituras e governos estaduais se uniram para que você diminua o tempo gasto no trânsito? Isso mesmo. Em São Paulo, por exemplo, é possível fazer parte do caminho de carro, estacionar em um local conveniado ao metrô/trem e pegar uma bike emprestada. Para quem vai utilizar o metrô, há um grande desconto no estacionamento.

A pé: você pode fazer todo o seu percurso a pé ou parte dele em outro transporte. Mas, é importante sempre respeitar a faixa de pedestres e os semáforos (de pedestre e veículos). Fique atento também aos ciclistas, já que alguns podem furar os semáforos das ruas.

E você, tem uma dica bacana para fazer caminhos mais rápidos, seguros e divertidos?

Carro, ônibus, trem, bicicleta, calçada, rua asfaltada, faixa de pedestre… Esses são apenas alguns dos meios de transportes, vias e sinalizações criados para facilitar a nossa vida e trazer mais segurança quando a gente precisa se deslocar nas cidades. Usando com cautela e gentileza, é tudo uma maravilha.

E o que acontece quando todos saem às ruas com seus carros e deixam de utilizar o transporte público ou alternativo (a bicicleta, por exemplo), ou ainda, deixam de respeitar a faixa de pedestre? Pois é. De nada adiantam todos esses recursos para tornar o nosso deslocamento mais cômodo e seguro, quando a falta de gentileza e o bom senso são responsáveis por boa parte do estresse e da violência no trânsito. 

Por isso, o Trânsito+gentil decidiu estender a Semana Nacional do Trânsito, que é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, para o mês todo. A nossa intenção nesta data é alertar sobre o uso consciente do carro e encontrar alternativas junto com vocês para que as distâncias de casa, trabalho e colégio/faculdade sejam mais divertidas e seguras.

Ao logo das próximas semanas, muita coisa vai acontecer nas redes do Trânsito+gentil (e nas ruas também!). Fiquem atentos e participem =)

Canais do Trânsito+gentil:
YouTube: http://gentil.vc/tmgyt
Twitter: http://twitter.com/transitogentil
Facebook: http://www.facebook.com/transitomaisgentil
Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93837645

Pegar trânsito todos os dias tira a paciência de qualquer motorista. Mas pode ser ainda pior quando o engarrafamento o pega de surpresa, atrasando os seus compromissos. E como manter a gentileza em situações de extrema irritação?

Já pensou se todas as pessoas aplicassem os seus problemas no trânsito? Por isso, é muito importante ter em mente que gentileza e bom senso são aliados da segurança do trânsito, já que uma simples infração (uma ultrapassagem, atravessar a rua entre os carros etc.) pode resultar em um acidente.

Além de buscar informações do trânsito na TV ou rádio antes de sair de casa ou do trabalho, a dica do Trânsito+gentil para verfificar se há congestionamento nas ruas é usar o PortoVias, site que informa em tempo real as condições de trânsito. Se você está em São Paulo ou no Rio de Janeiro, pode cadastrar os trajetos que costuma realizar e o PortoVias compara as rotas e indica a que está fluindo melhor.

Saiba mais aqui: http://gentil.vc/ptvias

Bom caminho!

portovias

Muitos motoristas acreditam que, na rua, a prioridade é dos veículos. Alguns pedestres, ciclistas, motociclistas também acham que as ruas foram feitas pra eles. Quando há bom senso e gentileza, esse conflito é tirado de letra: espera-se o outro passar para poder seguir.

Mas, esse pensamento não é unanimidade. Tanto que, na última semana, a prefeitura da cidade de São Paulo implantou o sistema de monitoramento e multa para fazer valer a lei onde o pedestre sempre tem prioridade. Será que é tão simples assim?

A punição com multa e sete (07) pontos na carteira de habilitação (infração gravíssima) não privilegia quem deixa de utilizar a faixa de pedestre e a passarela ou atravessa entre os carros.

Veja dois casos em que o pedestre ganha a gentileza dos motoristas:

Faixa de pedestre: quando o pedestre estiver atravessando, mesmo que na outra ponta de onde está o seu carro, não avance. Espere que ele chegue com segurança na calçada.
Esquinas: muitas esquinas não possuem semáforo, tanto para carro como para pedestre. Nestes casos, diminua a velocidade e só siga se não houver pedestres atravessando.

Quando há gentileza no coração e no volante, nada disso precisa ser dito. Mas, vale lembrar que as regras têm o objetivo de proteger quem é mais frágil em um acidente de trânsito – pedestres, ciclistas, motociclistas e assim por diante. Porém, essa fiscalização não deve ser usada para que os pedestres atravessem onde bem entenderem ou enfrentem os outros veículos, concordam?

WP_Query Object
(
    [query] => Array
        (
            [tag] => veiculo
        )

    [query_vars] => Array
        (
            [tag] => veiculo
            [error] => 
            [m] => 
            [p] => 0
            [post_parent] => 
            [subpost] => 
            [subpost_id] => 
            [attachment] => 
            [attachment_id] => 0
            [name] => 
            [static] => 
            [pagename] => 
            [page_id] => 0
            [second] => 
            [minute] => 
            [hour] => 
            [day] => 0
            [monthnum] => 0
            [year] => 0
            [w] => 0
            [category_name] => 
            [cat] => 
            [tag_id] => 596
            [author] => 
            [author_name] => 
            [feed] => 
            [tb] => 
            [paged] => 0
            [meta_key] => 
            [meta_value] => 
            [preview] => 
            [s] => 
            [sentence] => 
            [title] => 
            [fields] => 
            [menu_order] => 
            [embed] => 
            [category__in] => Array
                (
                )

            [category__not_in] => Array
                (
                )

            [category__and] => Array
                (
                )

            [post__in] => Array
                (
                )

            [post__not_in] => Array
                (
                )

            [post_name__in] => Array
                (
                )

            [tag__in] => Array
                (
                )

            [tag__not_in] => Array
                (
                )

            [tag__and] => Array
                (
                )

            [tag_slug__in] => Array
                (
                    [0] => veiculo
                )

            [tag_slug__and] => Array
                (
                )

            [post_parent__in] => Array
                (
                )

            [post_parent__not_in] => Array
                (
                )

            [author__in] => Array
                (
                )

            [author__not_in] => Array
                (
                )

            [ignore_sticky_posts] => 
            [suppress_filters] => 
            [cache_results] => 1
            [update_post_term_cache] => 1
            [lazy_load_term_meta] => 1
            [update_post_meta_cache] => 1
            [post_type] => 
            [posts_per_page] => 10
            [nopaging] => 
            [comments_per_page] => 50
            [no_found_rows] => 
            [order] => DESC
        )

    [tax_query] => WP_Tax_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [taxonomy] => post_tag
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => veiculo
                                )

                            [field] => slug
                            [operator] => IN
                            [include_children] => 1
                        )

                )

            [relation] => AND
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                    [0] => t_g_term_relationships
                )

            [queried_terms] => Array
                (
                    [post_tag] => Array
                        (
                            [terms] => Array
                                (
                                    [0] => veiculo
                                )

                            [field] => slug
                        )

                )

            [primary_table] => t_g_posts
            [primary_id_column] => ID
        )

    [meta_query] => WP_Meta_Query Object
        (
            [queries] => Array
                (
                )

            [relation] => 
            [meta_table] => 
            [meta_id_column] => 
            [primary_table] => 
            [primary_id_column] => 
            [table_aliases:protected] => Array
                (
                )

            [clauses:protected] => Array
                (
                )

            [has_or_relation:protected] => 
        )

    [date_query] => 
    [queried_object] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 596
            [name] => Veículo
            [slug] => veiculo
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 596
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

    [queried_object_id] => 596
    [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS  t_g_posts.ID FROM t_g_posts  LEFT JOIN t_g_term_relationships ON (t_g_posts.ID = t_g_term_relationships.object_id) WHERE 1=1  AND ( 
  t_g_term_relationships.term_taxonomy_id IN (596)
) AND t_g_posts.post_type = 'post' AND (t_g_posts.post_status = 'publish') GROUP BY t_g_posts.ID ORDER BY t_g_posts.post_date DESC LIMIT 0, 10
    [posts] => Array
        (
            [0] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3477
                    [post_author] => 3
                    [post_date] => 2015-04-15 15:04:34
                    [post_date_gmt] => 2015-04-15 18:04:34
                    [post_content] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto!

 

 

Vamos dar uma mãozinha para transformar as ruas do Rio de Janeiro em lugares de boa convivência entre os motoristas.

Como? Por meio da campanha Trânsito+gentil, o Porto Seguro Auto está oferecendo descontos de 5% na contratação ou renovação do seguro para motoristas que não possuam pontos na carteira de habilitação. Ou seja, para garantir o seu, você não deve ter cometido nenhuma infração de trânsito por um período de 12 meses.

O desconto já está valendo para o Estado de São Paulo e, agora, começa a valer para o Estado do Rio de Janeiro também. Saiba como funciona o desconto e fale com seu Corretor: http://gentil.vc/descontoauto
                    [post_title] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto!
                    [post_excerpt] => 
                    [post_status] => publish
                    [comment_status] => open
                    [ping_status] => open
                    [post_password] => 
                    [post_name] => rio-de-janeiro-gentil-tambem-tem-desconto
                    [to_ping] => 
                    [pinged] => 
                    [post_modified] => 2015-04-15 15:04:34
                    [post_modified_gmt] => 2015-04-15 18:04:34
                    [post_content_filtered] => 
                    [post_parent] => 0
                    [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3477
                    [menu_order] => 0
                    [post_type] => post
                    [post_mime_type] => 
                    [comment_count] => 0
                    [filter] => raw
                )

            [1] => WP_Post Object
                (
                    [ID] => 3338
                    [post_author] => 4
                    [post_date] => 2014-12-01 08:00:11
                    [post_date_gmt] => 2014-12-01 08:00:11
                    [post_content] => 

giovanna2

  E se você ouvisse uma música, ao invés de buzinar? Ou agisse com calma, ao invés de xingar? A melhor maneira de praticar a gentileza no trânsito é se colocar no lugar de quem está nele junto com você. Se alguém tomou aquela vaga de estacionamento que você estava esperando, tente relevar; caso um motorista não deixe você ultrapassar, tolere; se outro vier disposto a brigar, não dê brechas para continuar a discussão. Quando você muda, a cidade muda. Isso começa dentro de cada um. As pessoas são como espelhos quando se trata de atitude e um gesto bom que você fizer irá voltar para você e se multiplicar. Esse conceito vem sendo disseminado pelo movimento Trânsito+gentil e, com a sua ajuda, conseguiremos fazer com que outras pessoas abracem essa causa. Afinal, gentileza gera gentileza. Entre também para esse movimento: o seu dia a dia e o trânsito da sua cidade agradecem. Zero pontos = desconto no Porto Seguro Auto Quem dá bom exemplo no trânsito merece ser valorizado. Para incentivar os motoristas a agirem com mais tolerância e a adotarem boas práticas no trânsito, o Porto Seguro Auto oferece 5% de desconto* para os condutores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que não têm pontos na carteira de habilitação. Fale o seu Corretor.    * Desconto sobre o prêmio líquido do Porto Seguro Auto. [post_title] => Zero ponto = 5% de desconto [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => zero-ponto-5-de-desconto-2 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-12-01 08:00:11 [post_modified_gmt] => 2014-12-01 08:00:11 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3338 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 13 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 2706 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-12-16 15:59:53 [post_date_gmt] => 2011-12-16 17:59:53 [post_content] =>

Você sabia que em países mega populosos (como a Índia) os carros têm que dividir as ruas com ciclistas, pedestres, cachorros, cavalos e até elefantes? Pois saiba que é verdade! E isso acontece devido à falta de calçadas, guias e escassa sinalização de trânsito. Quem acompanha os nossos canais nas redes sociais pôde assistir, há algumas semanas, este vídeo onde se pode ver claramente a situação caoticamente organizada do trânsito em um dia normal na cidade de Vadodara: http://gentil.vc/6r Por outro lado, contrastando completamente com a situação dos países asiáticos, na Suíça, o trânsito é tão bem organizado que os condutores chegam a parar diante de faixas de pedestre vazias – tudo pelo respeito à sinalização. Enquanto isso, São Paulo tem o 6º trânsito mais desgastante do mundo (de acordo com estudos internacionais divulgados na Conferência Internacional de Trânsito da Europa), seguido de perto por Nova Déli. Muitas vezes, uma discussão mais acalorada entre condutores termina em violência. “Em cidades grandes, muitos motoristas já saem de casa prontos para atacar ou se defender.” – trecho do livro “Por Que Dirigimos Assim?”, do jornalista americano Tom Vanderbilt. Fiscalizações e multas, muitas vezes, não são suficientes para reeducar quem já tem os seus vícios de direção. Não há leis que ensinem às pessoas os valores da gentileza, do respeito e da cordialidade.  É com a família que aprendemos a ser educados - e nosso comportamento como motoristas reflete o que aprendemos ao longo da vida. E você, faz a sua parte? Como repassa os valores de gentileza na vida e no trânsito para os seus filhos? Comente e compartilhe suas experiências com a gente! :D [post_title] => Os valores da gentileza e da cordialidade no trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => os-valores-da-gentileza-e-da-cordialidade-no-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-12-16 15:59:53 [post_modified_gmt] => 2011-12-16 17:59:53 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2706 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 3 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 2524 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-21 10:29:06 [post_date_gmt] => 2011-10-21 12:29:06 [post_content] => Ser gentil não muda a quantidade de carros nas ruas, mas muda muito a qualidade do trânsito. Usar do estresse e da irritabilidade só piora os momentos que passamos em um congestionamento.  É questão de educação. Porém, acima de gentileza, não podemos nos esquecer das questões que a lei julga como certas ou erradas. Não seria necessária a lei para o uso da cadeirinha, se os próprios pais se preocupassem mais em proteger os seus filhos no trânsito. Assim como também não haveria multa para pedestres que atravessam fora da faixa, se eles se preocupassem mais em proteger a própria vida. Outro exemplo é dirigir sob o efeito do álcool e colocar a vida de outras pessoas em risco: uma falta de gentileza e humanidade mais do que desnecessária. E foi pensando nesse grupo de motoristas que o governo holandês criou uma trava anti-álcool. Como funciona? As pessoas flagradas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas serão obrigadas a instalar um dispositivo no painel do carro que impede que ele seja acionado antes de verificar a sobriedade do motorista, uma espécie de bafômetro. O que você acha desta ideia? Deveria ser item de série? Tira o direito do motorista de utilizar o seu próprio carro? Dê a sua opinião. =D Referência: http://gentil.vc/4t [post_title] => E se a chave do seu carro fosse o seu hálito? [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => e-se-a-chave-do-seu-carro-fosse-o-seu-halito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-21 10:29:06 [post_modified_gmt] => 2011-10-21 12:29:06 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2524 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 2464 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-10-10 17:15:17 [post_date_gmt] => 2011-10-10 19:15:17 [post_content] => Como se não bastasse o estresse do dia a dia com as preocupações do trabalho, escola e casa, muita gente passa ainda mais nervoso se deslocando entre eles. Isso mesmo: no trânsito. E não é só você, da cidade grande, que sofre deste problema. Os congestionamentos estão também em pequenas cidades e outros países do mundo. Ao menos, é o que diz um estudo realizado pelos pesquisadores da indústria de informática IBM. O estudo buscava entender a atitude das pessoas em um congestionamento e descobriu que o trânsito vem melhorando, na opinião delas, mas, que a reação a esta situação é mais estressante do que antes. A pesquisa ainda aponta que os entrevistados estão conscientes da relação ‘menos trânsito - manutenção do estresse’ e, por consequência, da queda do rendimento e dedicação nas outras áreas da vida. A pesquisa aponta que, nos países ricos, muita gente está deixando os carros em casa e aderindo ao transporte coletivo ou bicicleta, mesmo em cidades de trânsito caótico, como Cidade do México, Nova Delhi (Índia) e Shenzen (China). Se você depende do seu carro no dia a dia, o que dificulta o combate ao trânsito, então, se planeje em busca de uma forma de não se estressar: saia mais cedo de casa, dê carona para alguém divertido, ouça uma boa música... Qual a sua dica? ** Recebemos essa dica de pauta da nossa seguidora gentil @JoanaPomarole. Dê a sua sugestão também! ;) [post_title] => Trânsito + estresse: tô fora! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => transito-estresse-to-fora [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-10-10 17:15:17 [post_modified_gmt] => 2011-10-10 19:15:17 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2464 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 2 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 2343 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-09-14 12:26:53 [post_date_gmt] => 2011-09-14 14:26:53 [post_content] => Quem usa o carro para se deslocar para longas distâncias pode até ter vontade de ser menos dependente do automóvel, mas sabe que é muito difícil colocar essa vontade em prática. Nem todas as cidades possuem um trânsito fluído e seguro, transporte coletivo que funcione de forma pontual e confortável. Além disso, não podemos ignorar os riscos de nos deslocar de motocicleta ou bike. Por isso, o Trânsito+gentil listou algumas possibilidades que, se você achar viável encaixar em seu dia a dia, podem amenizar o estresse e diminuir o tempo que você passa no trânsito: Automóvel: (1) se você trabalha na rua e precisa do carro ou moto para se deslocar, tente agregar alguns colegas para oferecer carona. A atitude diminui o trânsito e os seus gastos com gasolina e estacionamento, já que todos podem contribuir. (2) Quando estiver em pleno congestionamento, que tal ouvir uma música legal, alongar o pulso e braços? Moto: o motociclista precisa dirigir por ele e para os outros, já que muitos veículos possuem os “pontos cegos” que tornam a moto invisível quando olha rapidamente pelos espelhos retrovisores. Esteja sempre atento aos carros e pedestres ao redor. Transporte público: para quem tem um trabalho mais flexível, uma opção é usar ônibus, metrô ou trem em horários diferenciados (um pouco antes ou depois do grande fluxo de pessoas). Levar uma boa revista ou livro de companhia pode contribuir para que o caminho seja mais gentil e prazeroso. Bike: carregue, junto da gentileza, os equipamentos de segurança obrigatórios e preste muita atenção a motoristas e pedestres. Sinalize sempre as suas próximas ações. Se não tem uma bicicleta, você pode pegar uma emprestada/alugada nos pontos oferecidos por algumas prefeituras. É o caso da Prefeitura de São Paulo, que instalou postos próximos às estações de metrô. Mix de meios de transporte: você sabia que algumas prefeituras e governos estaduais se uniram para que você diminua o tempo gasto no trânsito? Isso mesmo. Em São Paulo, por exemplo, é possível fazer parte do caminho de carro, estacionar em um local conveniado ao metrô/trem e pegar uma bike emprestada. Para quem vai utilizar o metrô, há um grande desconto no estacionamento. A pé: você pode fazer todo o seu percurso a pé ou parte dele em outro transporte. Mas, é importante sempre respeitar a faixa de pedestres e os semáforos (de pedestre e veículos). Fique atento também aos ciclistas, já que alguns podem furar os semáforos das ruas. E você, tem uma dica bacana para fazer caminhos mais rápidos, seguros e divertidos? [post_title] => Meu amigo inseparável, o carro [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => meu-amigo-inseparavel-o-carro [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-09-14 12:26:53 [post_modified_gmt] => 2011-09-14 14:26:53 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2343 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 3 [filter] => raw ) [6] => WP_Post Object ( [ID] => 2297 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-09-01 09:21:26 [post_date_gmt] => 2011-09-01 11:21:26 [post_content] => Carro, ônibus, trem, bicicleta, calçada, rua asfaltada, faixa de pedestre... Esses são apenas alguns dos meios de transportes, vias e sinalizações criados para facilitar a nossa vida e trazer mais segurança quando a gente precisa se deslocar nas cidades. Usando com cautela e gentileza, é tudo uma maravilha. E o que acontece quando todos saem às ruas com seus carros e deixam de utilizar o transporte público ou alternativo (a bicicleta, por exemplo), ou ainda, deixam de respeitar a faixa de pedestre? Pois é. De nada adiantam todos esses recursos para tornar o nosso deslocamento mais cômodo e seguro, quando a falta de gentileza e o bom senso são responsáveis por boa parte do estresse e da violência no trânsito.  Por isso, o Trânsito+gentil decidiu estender a Semana Nacional do Trânsito, que é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, para o mês todo. A nossa intenção nesta data é alertar sobre o uso consciente do carro e encontrar alternativas junto com vocês para que as distâncias de casa, trabalho e colégio/faculdade sejam mais divertidas e seguras. Ao logo das próximas semanas, muita coisa vai acontecer nas redes do Trânsito+gentil (e nas ruas também!). Fiquem atentos e participem =) Canais do Trânsito+gentil: YouTube: http://gentil.vc/tmgyt Twitter: http://twitter.com/transitogentil Facebook: http://www.facebook.com/transitomaisgentil� Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93837645 [post_title] => Setembro é mês do trânsito [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => setembro-e-mes-do-transito [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-09-01 09:21:26 [post_modified_gmt] => 2011-09-01 11:21:26 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2297 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 2 [filter] => raw ) [7] => WP_Post Object ( [ID] => 2285 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-08-30 12:41:48 [post_date_gmt] => 2011-08-30 14:41:48 [post_content] => Pegar trânsito todos os dias tira a paciência de qualquer motorista. Mas pode ser ainda pior quando o engarrafamento o pega de surpresa, atrasando os seus compromissos. E como manter a gentileza em situações de extrema irritação? Já pensou se todas as pessoas aplicassem os seus problemas no trânsito? Por isso, é muito importante ter em mente que gentileza e bom senso são aliados da segurança do trânsito, já que uma simples infração (uma ultrapassagem, atravessar a rua entre os carros etc.) pode resultar em um acidente. Além de buscar informações do trânsito na TV ou rádio antes de sair de casa ou do trabalho, a dica do Trânsito+gentil para verfificar se há congestionamento nas ruas é usar o PortoVias, site que informa em tempo real as condições de trânsito. Se você está em São Paulo ou no Rio de Janeiro, pode cadastrar os trajetos que costuma realizar e o PortoVias compara as rotas e indica a que está fluindo melhor. Saiba mais aqui: http://gentil.vc/ptvias Bom caminho! portovias [post_title] => Trânsito diário X engarrafamento surpresa [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => transito-diario-x-engarrafamento-surpresa [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-08-30 12:41:48 [post_modified_gmt] => 2011-08-30 14:41:48 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2285 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [8] => WP_Post Object ( [ID] => 2243 [post_author] => 2 [post_date] => 2011-08-17 13:04:49 [post_date_gmt] => 2011-08-17 15:04:49 [post_content] => Muitos motoristas acreditam que, na rua, a prioridade é dos veículos. Alguns pedestres, ciclistas, motociclistas também acham que as ruas foram feitas pra eles. Quando há bom senso e gentileza, esse conflito é tirado de letra: espera-se o outro passar para poder seguir. Mas, esse pensamento não é unanimidade. Tanto que, na última semana, a prefeitura da cidade de São Paulo implantou o sistema de monitoramento e multa para fazer valer a lei onde o pedestre sempre tem prioridade. Será que é tão simples assim? A punição com multa e sete (07) pontos na carteira de habilitação (infração gravíssima) não privilegia quem deixa de utilizar a faixa de pedestre e a passarela ou atravessa entre os carros. Veja dois casos em que o pedestre ganha a gentileza dos motoristas: Faixa de pedestre: quando o pedestre estiver atravessando, mesmo que na outra ponta de onde está o seu carro, não avance. Espere que ele chegue com segurança na calçada. Esquinas: muitas esquinas não possuem semáforo, tanto para carro como para pedestre. Nestes casos, diminua a velocidade e só siga se não houver pedestres atravessando. Quando há gentileza no coração e no volante, nada disso precisa ser dito. Mas, vale lembrar que as regras têm o objetivo de proteger quem é mais frágil em um acidente de trânsito - pedestres, ciclistas, motociclistas e assim por diante. Porém, essa fiscalização não deve ser usada para que os pedestres atravessem onde bem entenderem ou enfrentem os outros veículos, concordam? [post_title] => Motorista+gentil. Pedestre+seguro. [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => motoristagentil-pedestreseguro [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2011-08-17 13:04:49 [post_modified_gmt] => 2011-08-17 15:04:49 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://www.transitomaisgentil.com.br/blog/?p=2243 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 1 [filter] => raw ) ) [post_count] => 9 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [post] => WP_Post Object ( [ID] => 3477 [post_author] => 3 [post_date] => 2015-04-15 15:04:34 [post_date_gmt] => 2015-04-15 18:04:34 [post_content] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto!     Vamos dar uma mãozinha para transformar as ruas do Rio de Janeiro em lugares de boa convivência entre os motoristas. Como? Por meio da campanha Trânsito+gentil, o Porto Seguro Auto está oferecendo descontos de 5% na contratação ou renovação do seguro para motoristas que não possuam pontos na carteira de habilitação. Ou seja, para garantir o seu, você não deve ter cometido nenhuma infração de trânsito por um período de 12 meses. O desconto já está valendo para o Estado de São Paulo e, agora, começa a valer para o Estado do Rio de Janeiro também. Saiba como funciona o desconto e fale com seu Corretor: http://gentil.vc/descontoauto [post_title] => Rio de janeiro + gentil também tem desconto! [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => rio-de-janeiro-gentil-tambem-tem-desconto [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-15 15:04:34 [post_modified_gmt] => 2015-04-15 18:04:34 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://transitomaisgentil.com.br/?p=3477 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 9 [max_num_pages] => 1 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_embed] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash:WP_Query:private] => 741222610466d041e7c74c0281b7aa93 [query_vars_changed:WP_Query:private] => [thumbnails_cached] => [stopwords:WP_Query:private] => [compat_fields:WP_Query:private] => Array ( [0] => query_vars_hash [1] => query_vars_changed ) [compat_methods:WP_Query:private] => Array ( [0] => init_query_flags [1] => parse_tax_query ) )