Todo mundo tem sono. Mais cedo ou mais tarde, a postura fica relaxada, a cabeça pesada e os olhos querem fechar a qualquer custo. Sabendo disso, é importante jamais subestimar o tamanho do seu sono para continuar dirigindo.

A sonolência é responsável por mais de 10% dos acidentes de carro, percentual considerado muito alto comparado ao das outras causas. Com possibilidade para diminuir (e muito!) a capacidade de dirigir – já que é responsável pela perda de atenção, memória e tempo de reação – a sonolência é delicada, principalmente para quem precisa prestar bastante atenção em algo, como os motoristas e motociclistas.

O sono não é consequência apenas do cansaço, mas também de distúrbios de saúde. Nosso desempenho físico e mental está diretamente ligado a uma boa noite de sono.

O efeito de uma madrugada em claro é semelhante ao de uma embriaguez leve: a coordenação motora é prejudicada e a capacidade de raciocínio fica comprometida, levando o motorista a um estado mental chamado “hipnose de estrada” - isto é, dormir com os olhos abertos.

Confira alguns sinais de sono que você não deve ignorar:

* Perceber os olhos fechando involuntariamente;
* Não perceber que estava dirigindo;
* Bocejar e coçar os olhos com frequência;
* Sentir a cabeça tombando para frente;
* Pequenos desvios na trajetória do veiculo;
* Entrar na contramão sem querer.

Para evitar qualquer um destes sintomas, siga estas dicas e se mantenha acordado!
* Durma uma boa noite de sono antes de viajar;
* Evite viajar entre 23h e 4h;
* Faça intervalos para descansar.

E você, sabia que o sono podia ser tão perigoso na direção? Comente! :)