Em altas velocidades, uma falha na gentileza pode resultar em colisão. Por isso, em estradas e rodovias, é necessário o máximo de atenção e gentileza para se fazer uma viagem tranquila.

E a gentileza precisa estar sempre com o motorista. Na hora de trocar de faixas, por exemplo, você não pode se esquecer de sinalizar com a seta e respeitar a distância entre os demais carros. Os passageiros do veículo também devem ser gentis: nada de atirar lixo pela janela ou distrair o motorista.

E, para não errar na marcha, o Trânsito+gentil listou três regrinhas necessárias, mas que muitos motoristas desconhecem.

Velocidade: independente da faixa, o limite de velocidade deve ser respeitado em todas elas. Engana-se quem acredita que a faixa da esquerda é reservada para que os apressadinhos ultrapassem o limite. Ela só é reservada para quem anda perto da velocidade máxima permitida.
Diferentes pesos: algumas rodovias indicam velocidades diferentes para veículos de tamanhos diferentes, geralmente a divisão é feita entre carros e caminhos/ônibus/micro-ônibus.
Acostamento: não pode ser usado quando em movimento, é um local para estacionar (desde que sinalizando com o pisca alerta) em caso de emergência.

E você, tem alguma dica gentil? Compartilhe com a gente!