Os congestionamentos das grandes cidades são um péssimo negócio também para o bolso dos motoristas. Além de provocarem irritação, prejudicar a mobilidade urbana, aumentar a poluição ambiental e sonora, os engarrafamentos queimam combustível à toa e causam maior desgaste na vida útil de uma série de peças dos veículos. As pessoas passam a utilizar menos o carro, buscar alternativas como o transporte público e a bicicleta e também observar alguns cuidados na direção para reduzir parte destes gastos com combustível e manutenção. A maioria das dicas de economia de combustível para o motorista é simples: evitar o excesso de peso no porta-malas, freadas e aceleradas bruscas, manter em dia a calibragem dos pneus e trocar as marchas de acordo com a indicação do conta-giros.

Confira mais nesta lista de 10 orientações compiladas pelo site Infomoney: https://gentil.vc/1qwf