153896094

O cotidiano moderno em que vivemos nos leva cada vez mais à necessidade de estarmos sempre informados. É fato que os celulares evoluíram para facilitar a nossa vida: além das ligações e torpedos, agora também podemos checar as redes sociais, navegar por sites, trocar mensagens instantâneas e ainda existe uma infinidade de aplicativos. No entanto, ao dirigir, essa necessidade ocupa as mãos e o cuidado que deveriam estar no volante e, assim, reduzimos nossa atenção no trânsito.

Em um estudo realizado com 2 mil pessoas*, 24% dos entrevistados assumiram usar o smartphone ao dirigir, o que tem feito com que cada vez mais motoristas se envolvam em acidentes por distração. Quando se guia um automóvel, deve-se estar sempre com a visão atenta ao redor e ao andamento do tráfego, pois uma pequena distração pode acarretar um acidente sério.

A multa para quem infringir a lei é de R$ 85,13, considerada uma infração média, e o motorista acumula quatro pontos na carteira. E não é só o celular na mão o “vilão”: até mesmo o uso do viva-voz pode ser prejudicial à atenção do motorista.

Para evitar acidentes, é fundamental que os motoristas se conscientizem dos riscos aos quais se expõem e expõem todos os outros ao redor. Então, lembre-se: deixar seu celular desligado durante a direção garante a segurança do tráfego, a de todos na rua e a sua.

*Fonte: https://www.denatran.gov.br/