Que criança não quer independência? Se esse momento não chegou para o seu filho (ou sobrinho, ou neto), uma hora ele vai chegar. E é importante pensar duas vezes antes de deixar as crianças tomem algumas atitudes sozinhas, como atravessar a rua, logo no início de suas vidas de pedestres. Com educação adequada e bons exemplos dos adultos, é simples reduzir o risco de acidentes e ajudar a formar pedestres mais gentis!

Estima-se que dezenas de milhares de crianças são feridas em acidentes envolvendo automóveis a cada ano. E o pior: atropelamentos de crianças são, frequentemente, graves ou fatais – já que o impacto é potencializado pela fragilidade de um corpo em desenvolvimento.

Pais, irmãos, primos e professores são os principais modelos de comportamento para as crianças. Conversar com elas para que assimilem e adotem um comportamento seguro é essencial. Caminhar com os pequenos, mostrando como se comportar de forma correta e a escolher de caminhos seguros (com poucas ruas para atravessar nas primeiras vezes), é uma ótima maneira de mostrar como se portar.

Riscos inerentes (como o tamanho da criança e sua habilidade de percepção) e riscos do meio ambiente (como motoristas velozes) estão por todos os lados. Por isso, prevenir é muito importante.



Algumas dicas para educar pequenos pedestres:

  • Não permita que uma criança menor de 10 anos atravesse a rua sozinha. A supervisão de um adulto é vital até que ela demonstre habilidades e capacidade de julgamento do trânsito;

  • Entradas de garagens, quintais sem cerca, ruas ou estacionamentos não são locais seguros para as crianças brincarem;

  • Ensine a criança a olhar para os dois lados várias vezes antes e enquanto atravessa a rua;

  • Oriente a criança a utilizar a faixa de pedestres sempre que houver. Mesmo na faixa, ela deve olhar várias vezes para os dois lados e atravessar em linha reta;

  • Mostre e explique os sinais de trânsito;

  • Diga o quanto é importante não atravessar a rua entre carros, ônibus, árvores e postes;

  • Deixe claro o quanto é importante nunca correr para a rua sem parar e olhar para os lados – seja para pegar uma bola ou por qualquer outra razão. Correr para a rua é a causa da maioria dos atropelamentos fatais com crianças;

  • Ao desembarcar do ônibus, ensine às crianças que elas devem esperar que o veículo pare totalmente e aguardar para atravessar a rua.


E você, está educando um pequeno pedestre? Conta pra gente como está sendo! :)