A galera do Twitter comenta sempre com a gente que vê o adesivo do Trânsito + Gentil, principalmente, nos carros dos taxistas. Presentes no trânsito todos os dias, os taxistas devem gostar muito de dirigir para ficar tanto tempo dentro do carro. E haja gentileza para aguentar o trânsito das cidades grandes!

Em homenagem ao dia do Taxista, que será agora, dia 8 de julho, resolvemos dar uma agitada no pessoal da internet levantando a seguinte questão:

Qual é o taxista mais gentil que você conhece?

As 3 melhores histórias ganharão o “Anuário Interlagos 2010 – 70 Anos de Velocidade”, que conta a história do Autódromo mais famoso do Brasil e nossos principais pilotos, mais um kit do Trânsito + Gentil. E, se ainda tiver contato com o taxista mais gentil que você conhece, ele também ganha o prêmio! Portanto, ele tem que ser bem gentil mesmo, hein? ;)

Atenção:

- As histórias só podem ser enviadas até terça-feira, dia 6 de julho.

- A equipe do Trânsito + gentil analisará as histórias e divulgará o resultado na quinta-feira, dia 8 de julho, aqui no blog e também no Twitter.

- Coloque o nome e e-mail para contato em seu comentário. Caso a sua história seja escolhida, entraremos em contato por e-mail. Comentários sem essa especificação serão automaticamente desclassificados.

Boa sorte e caprichem na história de vocês!

Update 08/07/2010


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As histórias vencedoras foram:

Samara Eugênia

"Na rua ao lado da faculdade onde estudo tem um ponto de taxi. No vai e vem de alunos eles sempre dão um jeitinho de ajudar a moçada a estacionar. Ponto para a tropa de gentis taxistas.
Uma noite de quarta, em que não vou de carro para a faculdade, encostei e perguntei se poderia me levar em casa por dez reais. Ele disse que embora fosse um pouco mais que isso, faria a corrida pela forma educada como falei com ele. Já aí foi muito gentil. Fomos por quase todo o trajeto comentando as diferenças de tratamento entre as pessoas, e o quanto é importante educação, alegria, sorriso e gentileza. Quando falei que era instrutora de trânsito ele riu e confessou um “pecado”: não gostar de usar o cinto de segurança. Expliquei rapidamente como era importante usar o cinto enquanto procurava na bolsa o dinheiro para pagá-lo. Ele aguardou que eu abrisse o portão de casa, perguntou se precisava de ajuda, desejou boa noite e quando ia saindo falou que dali por diante usaria sempre o cinto. Foi gentil e atencioso desde o primeiro momento, quando pedi um “desconto”, até me deixar em casa na certeza de que estaria segura, já de portão fechado."


Adriana Ribeiro

"O taxita mais gentil que conheci até hoje, foi o P.A.
Cheguei pela primeira vez no RJ, e fui direto conhecer o corcovado. turista, com cara de paisagem..me chega um negão! quase 2 metros de alturas! Com mais dentes na boca do que poderia caber!..fiquei assustada porque..Rio de Janeiro..malandragem..mas sorri inibida pra ele. Ele apresentou seu roteiro,me conduzindo a comprar sua viagem..(incluia corcovado-morro da d. Marta e ida ao Pão de Açucar)..Entrei no Merivão amarelo..Samba no ultimo volume! pra todo mundo ele buzinava e dizia “ahhh muleque..menina, ta vendo essa casa ai.é de fulano..essa outra? é de ciclano..Por falar nisso, vc ja ouviu falar no Paulo Andre? “eu..”nunca”..Tá falando com ele menina!! e assim fomos o passeio todo, escutando as fantásticas histórias do P.A. Desde o aperto de mão que ele deu em Michael Jackson, até o beijo no rosto de Beyonce nos pés de Cristo. Princesa Diana? isso sim era princesa…e escutei por horas ele contando suas façanhas e amizades do morro com tom de voz de malandro!!!Sorria muito, feliz e me fazi sentir bem avontade na cidade que nunca tinha pisado meus pés! Cumpriu com tudo que me prometeu..e ainda comprou os bilhetes para irmos ate o Cristo de van, para não ficarmos naquela fila enorme!..Ele não sabe..mas é lembrado até hoje como o taxista mas gentil e camarada do Rio que eu já conheci!!!! Ele fica no pé do corcovado..Atende pelo nome de P.A. Essa é minha história para o trânsito gentil."


Nícolas

"Bom, muito comentam sobre a simpatia e receptividade do povo gaúcho, principalmente taxistas e carteiros.

Enfim, sou paranaense e no início de 2009 tive a oportunidade de vir morar no interior do RS, aqui chegando nada conhecia, e como precisava encontrar com certa urgência um local para morar, decidi perguntar em um ponto de táxi onde encontraria imobiliárias na cidade, afim de poder colher informações sobre imóveis para locação.

Com pouco dinheiro, minha intenção era mesmo apenas que o taxista me informasse as imobiliárias, para que eu pudesse ir até os locais posteriormente, porém para minha surpresa, ao questionar o taxista, ele não somente citou a maioria das imobiliárias que a cidade possui, como também me levou nas 5 maiores e aguardava em seu táxi enquanto eu era atendido no local, o mais surpreendente foi o fato dele não ter cobrado absolutamente nada. Tudo bem que as imobiliárias eram próximas uma das outras, mas a simpatia e a forma com que ele me recebeu parecia que me conhecia a anos, sendo que nunca havia o visto antes.

Inclusive, depois de passar em todas as imobiliárias ele ainda me deu algumas dicas dos melhores locais onde poderia morar.

Sua atitude me surpreendeu, não somente pela simpatia, como pela sua gentileza, e com isto nos tornamos amigos, e claro, depois que me estabeleci na cidade, retribui sua feita com um belo churrasco gaúcho :)

Abraços…"

Parabéns e obrigado a todos que participaram! Entraremos em contato por e-mail ;)