Após um dos dias de maior congestionamento no ano, com 148 km, o Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) divulgou um dado impressionante sobre a capital paulista: mais de 35% do total dos veículos brasileiros estão em São Paulo.

São, aproximadamente, mais de 7 milhões de veículos registrados, número que aumenta a cada dia. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), em horário de pico, o número gira em torno de 456 mil veículos nas ruas ao mesmo tempo!

De qualquer forma, o número é preocupante e podemos deduzir que o trabalho da prefeitura paulistana com relação ao trânsito não é nada fácil. Afinal, como controlar essa multidão de veículos?

Difícil, né? Obras como pontes, túneis, alargamentos de vias, corredores de ônibus, linhas de metrô e trem até são feitas. Mas a quantidade de carros aumenta mais do que a infraestrutura pode acompanhar e suportar, causando, em várias ocasiões, congestionamentos caóticos e, com isso, estresse geral para motoristas e pedestres.

Como fazer se o congestionamento é inevitável? Como combater isso? É aí que entra o autocontrole e, claro, a gentileza no trânsito!

transito_em_sao_paulo


Dicas não faltam pra gente aprender a relaxar. Mas antes das dicas, é importante a gente despertar essa consciência. Quem mora em grandes centros como São Paulo, tem que se preparar para encarar esse “bicho de sete cabeças” que o trânsito se tornou. Não podemos nos estressar, brigar com o outro motorista, atrapalhar ainda mais. Enfim, não podemos piorar o que já não vai bem, não é? Tendo essa consciência, poderemos domar tudo de ruim que as situações no trânsito podem provocar dentro da gente para praticar o Trânsito+gentil!

Se quiser xingar ou gesticular, respire fundo e se controle. Se quiser buzinar porque está parado no congestionamento, lembre-se que isso não vai resolver, não vai fazer o trânsito andar. Se uma pessoa pedir passagem a você, por mais que pareça um abuso, deixa-a entrar sem dificultar. E cada um segue o seu caminho numa boa.

E, pessoal, vamos praticar essas atitudes em qualquer lugar. Não precisa ser só em cidades grandes, que têm problemas com tráfego pesado, mas nas pequenas também. Transformando esse instinto de agredir em gentileza, podem ter certeza que vocês se sentirão muito bem por ter praticado um Trânsito+gentil!